Jovem britânico de 22 anos já correu na F3 e nas 24 Horas de Le Mans, mas chama atenção por ter entrado no automobilismo depois de vencer um campeonato do jogo "Gran Turismo"

Mardenborough andou de kart na infância, mas foi com um game que chegou ao automobilismo
Reprodução/Facebook
Mardenborough andou de kart na infância, mas foi com um game que chegou ao automobilismo

Você provavelmente nunca ouviu falar em Jann Mardenborough, promessa de 22 anos e anunciado ontem como novo reforço da Red Bull. O britânico irá correr este ano pela Arden, equipe de GP3 comandada por Christian Horner, principal dirigente da escuderia tetracampeã mundial da Fórmula 1.

Mardenborough também vai fazer parte do programa de desenvolvimento de pilotos da marca, mas sua contratação chama atenção por outro motivo: ele entrou para o autobilismo profissional após vencer um torneio de videogame.

LEIA MAIS: Carrinhos mexem com público adulto e são personalizados

Em 2011, Jann desbancou 90 mil competidores para conquistar o GT Academy, organizado pela Nissan e pela Sony, responsável pelo jogo "Gran Turismo", exclusivo para PlayStation. O prêmio foi participar das 24 Horas de Dubai, prova na qual o jovem foi o terceiro em sua categoria. Desde então, Mardenborough competiu na GT e F3 britânicas, na F3 europeia, nas 24 Horas de Le Mans e da Toyota Racing Series.

Programa de desenvolvimento de pilotos da Red Bull vai trabalhar com Jann Mardenborough
Divulgação
Programa de desenvolvimento de pilotos da Red Bull vai trabalhar com Jann Mardenborough

"Eu me sinto pronto para a GP3. Estou preparado e tenho as pessoas certas ao meu lado para ajudar no meu desenvolvimento para que eu possa me concentrar totalmente na minha carreira", diz Jann à NismoTV  (clique para assistir). "Esta temporada é a oportunidade para impressionar quem decide quem entra ou não na F1", completa.

"Nós temos acompanhado a iniciativa inovadora da Nissan e em particular a GT Academy, que desafia o 'status quo' do automobilismo. O tradicional caminho até a F1 por karts e monopostos foi testado e comprovado, mas a Nissan e o PlayStation foram por um caminho diferente e encontraram pilotos talentosos acostumados a praticar em videogames. Estou muito interessado em ver como Jann se sai", afirma Andy Damerum, diretor do programa de desenvolvimento de pilotos da Red Bull Racing.

"O sucesso de Jann e de outros vencedores da GT Academy é inspirador para uma nova legião de jogadores e fãs de automobilismo ao dar a eles uma nova maneira de se tornar um piloto profissional. A única questão que segue sem resposta é se um jogador pode chegar à F1", questiona Johnny Herbert, ex-piloto de F1 que trabalhou com a GT Academy em 2011.

Campeão da GP3 no ano passado com a Arden, o russo Daniil Kvyat, de apenas 19 anos, estreia este ano na principal categoria do automobilismo, correndo pela Toro Rosso. Agora é esperar para ver se Mardenborough vai pelo mesmo caminho. Em seu perfil no site oficial do jogo "Gran Turismo", ele se diz fã de Lewis Hamilton.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.