Bruno Senna, Jeremy Irons, Martin Brundle, Jay Leno, Adrien Brody e Wolfgang Porsche são alguns dos nomes que estiveram nos 1.600 km do percurso Brescia-Roma-Brescia. Veja fotos

O último final de semana foi movimentado nas estradas que ligam Bréscia a capital italiana Roma, e depois de volta a Bréscia, desta vez passando por Bolonha. O trajeto, de mil milhas (cerca de 1,6 mil km), serve de circuito para a Mille Miglia , prova realizada na "bota" apenas com carros antigos.

Dos 435 carros inscritos, 358 deles completaram a prova. A bordo de um Jaguar D-Type de 1954, Bruno Senna e Martin Brundle acabaram desclassificados, assim como Brian Johnson, vocalista do AC/DC, e Mark Dixon, com um Jaguar C-Type.

O carro mais velho a correr na Mille Miglia deste ano foi um Bugatti T 23 Brescia de 1923, pilotado por Oreste Giusfredi e Giacomo Ciucci, e que ficou na 26ª colocação. Já os modelos mais "novos" que participaram são de 1957. Veja abaixo os dez primeiro colocados:

1. Giordano Mozzi e Stefania Biacca (Lancia Lambda 221 Spider/1928)
2. Alessandro Gamberini e Mirco Magni (Alfa Romeo 6C 1750 GS Zagato/1930)
3. Giovanni Moceri e Tiberio Cavalleri (Aston Martin Le Mans/1933)
4. Ezio Martino Salviato e Maria Caterina Moglia (Bugatti T40/1927)
5. Juan Tonconogy e Guillermo Berisso (Bugatti T40/1927)
6. Fabio Salvinelli e Maurizio De Marco (Alfa Romeo 6C 1500 SS Stabilimenti Farin/1928)
7. Carlos Sielecki e Juan Hervas (Bugatti T35A/1926)
8. Kyoto Takemoto e Junko Takemoto (Bugatti T35A/1926)
9. Andrea Belometti e Giovanni Scarabelli (Fiat 508 S SIATA Spider/1933)
10. Guiliano Cane e Klaus Peter Reichle (Bugatti T37/1927)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.