George Talley, de 71 anos, teve seu Corvette roubado em 81. Carro foi encontrado com 75 mil km rodados e a mais de 1,5 mil km de distância de onde foi roubado

Você já imaginou ter o carro roubado e recuperá-lo apenas em 2047, 33 anos após o incidente? Foi esse foi o tempo que George Talley, de 71 anos, esperou, embora seja muito provável que não tivesse mais esperanças, para reencontrar seu Chevrolet Corvette de 79.

No início de junho, Talley recebeu uma ligação informando-o que seu Corvette havia sido localizado em Hattiesburg, no sul dos EUA, 33 anos após ter sido roubado em Detroit, no norte. "Me disseram que estava funcionando, tinha 47 mil milhas rodadas (cerca de 75 mil km) e que estava pronto para ser resgatado", conta o aposentado.

A sorte de George não parou por aí. Vice-presidente executivo de desenvolvimento de produtos da GM, Mark Reuss soube da história e viabilizou o transporte do carro até Detroit. "Como dono de Corvette, eu sei que a paixão que essa carro inspira. Sei também que esse pertence a Detroit e ao seu verdadeiro dono, e que nós poderíamos fazer isso acontecer."

A GM não vai cobrir a restauração do esportivo, mas, de acordo com o site Autoblog , uma terceira parte não identificada já se dispôs a pagar pela reforma, que deve levar cerca de um mês, segundo a estimativa de Talley.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.