Montadora e James Hull, antigo dono da coleção, não divulgaram valores, mas jornais ingleses afirmaram que ela está avaliada em 100 milhões de libras esterlinas

Jaguar comprou coleção com mais de 540 carros
Divulgação
Jaguar comprou coleção com mais de 540 carros

A Jaguar anunciou na última semana que a maior coleção já conhecida de carros britânicos, com 543 modelos e até então do empresário James Hull, tem um novo proprietário: a própria montadora.

Em comunicado, a Jaguar informou que os carros serão usados em ações da marca ao redor do mundo, como no lançamento do novo Jaguar XE, a ser revelado em setembro deste ano.

A montadora confirmou ainda que compartilha da visão de Hull de manter a coleção em "mãos britânicas", mas nenhuma das partes falou em valores. "Meu principal objetivo não era conseguir o valor máximo possível, mas assegurar o futuro da coleção sob a custódia certa", afirmou o colecionador.

Especula-se que a coleção de James esteja avaliada em 100 milhões de libras esterlinas, o equivalente a R$ 378 milhões. Além de cerca de 130 Jaguars, ela conta com o Austin que foi de Winston Churchill e um Bentley que teve o cantor Elton John de dono.

Segundo jornais ingleses, coleção de James Hull está avaliada em 100 milhões de libras esterlinas
Divulgação
Segundo jornais ingleses, coleção de James Hull está avaliada em 100 milhões de libras esterlinas


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.