Jaguar XK-E foi localizado por autoridades norte-americanas dentro de um container a caminho da Holanda. Dono, hoje com 82 anos, pretende restaurá-lo

Por videoconferência, Ivan Schneider, na Flórida, observa seu carro roubado, em Los Angeles
AP Photo/Damian Dovarganes
Por videoconferência, Ivan Schneider, na Flórida, observa seu carro roubado, em Los Angeles

Foi por uma videoconferência que Ivan Schneider, advogado aposentado de 82 anos, observou seu Jaguar XK-E de 1967 pela primeira vez após 46 anos. Schneider teve o veículo roubado nos anos 60, em frente ao apartamento onde morava, em Nova York, nos EUA.

O esportivo foi encontrado dentro de um container em um navio cargueiro a caminho da Holanda.

Autoridades norte-americanas designadas para inspecionar cargas que deixavam o porto de Los Angeles localizaram os carros no final de agosto e descobriram que eles eram roubados.

Além do Jaguar do aposentado, foram recuperados também um Corvette de 1969, um Mercedes 280 de 1976, um Mercedes E350 de 2007 e um Camaro ZL1, este mais atual, de 2014.

"PRESENTE DE NATAL"

Embora tenha tido outros carros após o roubo do Jaguar, Schneider diz que nenhum foi tão bonito quanto aquele. O aposentado se disse cético quando recebeu a ligação dizendo que seu carro havia sido recuperado e, a princípio, pensou se tratar de armação.

Não era, e agora Ivan planeja levar o esportivo para Nova York, onde será restaurado. Na atual condição, o modelo está avaliado em US$ 23,6 mil (cerca de R$ 55 mil). Restaurado, o valor pode chegar a US$ 100 mil. Ivan espera que o carro fique pronto no final deste ano: "É meu presente de Natal".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.