Vendido nos anos 60 por US$ 200, carro usado para promover Homem-Morcego nos EUA vai a leilão no próximo dia 6. Lance inicial é de US$ 90 mil

Batmóvel ficou pronto em 1963 após três anos de construção
Divulgação
Batmóvel ficou pronto em 1963 após três anos de construção

Vendido nos anos 60 por US$ 200, o mais antigo Batmóvel licenciado que se tem conhecimento será leiloado no próximo dia 6, em Dallas, nos EUA, com um lance inicial de US$ 90 mil (cerca de R$ 233 mil em conversão direta).

Segundo a Heritage Auctions , casa responsável pelo leilão, o Batmóvel de 1963 foi construído em cima de um Oldsmobile 88 de 1956, mas teve toda sua carroceria customizada por Forrest Robinson, então com 23 anos, e Len Perham.

Robinson construiu o carro para uso próprio, mas o automóvel fez tanto sucesso que duas empresas, All Star Dairies e Green Acres Ice Cream, esta última ligada à DC Comics, editora de personagens como Batman e Super-Homem, o alugaram para promover o Homem-Morcego no Leste dos EUA.

O carro foi devolvido para Robinson no final de 66, pouco antes das réplicas do Batmóvel criado por George Barris, utilizado na série de TV e construído em cima do Lincoln Futura de 55, ficarem prontos para retomar a turnê.

Precisando de dinheiro para iniciar um negócio, Robinson vendeu o Batmóvel por US$ 200, mas o carro acabou abandonado em Nova Hampshire por quase 50 anos. Em 2008, ele foi encontrado por Bobby Smith, que o vendeu para um vendedor de Chicago, que, por sua vez, revendeu para o "historiador automotivo" George Albright.

Albright pesquisou a história do carro e localizou Robinson, Perham, um executivo aposentado da DC Comics e ex-executivos da All Star Dairies. Todos se lembravam do Batmóvel. Em fevereiro do ano passado, o veículo foi comprado pela Toy Car Exchance LLC, empresa especializada em restaurar carros antigos, e restaurado por ela. Depois de conquistar o primeiro lugar na categoria de carros feitos à mão no Sacramento Autorama, ele agora se encontra disponível para quem der o maior lance.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.