Iniciativa é parte da estratégia da montadora de entrar no Oriente Médio e na África. Assista ao vídeo e confira como eles fizeram para expôr o esportivo a 400 metros de altura

Bill Ford e o Mustang 2015 no Burj Khalifa, em Dubai
Divulgação
Bill Ford e o Mustang 2015 no Burj Khalifa, em Dubai

De olho no mercado do Oriente Médio e da África, a Ford expôs hoje, no 112° andar do Burj Khalifa, o prédio mais alto do mundo, o modelo 2015 do Mustang. "Enviamos uma mensagem para o mundo de que o Mustang agora é global, trazendo uma bagagem de 50 anos como maior ícone do automobilismo da América (EUA)", declarou Bill Ford, bisneto de Henry Ford.

Para levar o esportivo até o 112° andar, a quase 400 metros de altura, o automóvel foi desmontado em seis partes para caber nos elevadores.

Já no alto do prédio de Dubai, uma equipe levou 12 horas para remontar o carro, aparentemente sem motor. "Não há guindastes que cheguem tão alto e a entrega por helicóptero ficou fora de questão", explica Jim Benintende, presidente da montadora norte-americana para a região.

Esta não é a primeira vez que a marca expõe o Mustang nas alturas. Em abril deste ano, o esportivo foi exibido no topo do Empire State, em Nova York, repetindo o que havia sido feito em 1965. Veja as fotos desta iniciativa na galeria abaixo.

Galeria de fotos: Ford Mustang é exibido no topo do Empire State, em Nova York


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.