Um dos erros mais comuns é fazer a barba na pressa, o que a deixa torta e irrita a pele, diz Rafael Sevilla, barbeiro e acostumado a corrigir essas falhas. Ele mostra como você pode aparar os pelos da cara de maneira bem feita em casa

O antes e o depois da barba do advogado Ricardo Del Sole. Ele aproveitou e cortou o cabelo
Brunno Kono/iG São Paulo
O antes e o depois da barba do advogado Ricardo Del Sole. Ele aproveitou e cortou o cabelo

Há anos que pesquisas tentam dizer, sem muito – para não dizer nenhum – sucesso, qual é a preferência das mulheres: homens sem barba ou com barba? De acordo com um estudo de uma universidade australiana, elas gostam e acham que pelos na cara dão ao sujeito um ar maduro. Por outro lado, pesquisadores da Nova Zelândia e do Canadá concluíram que o público feminino prefere mesmo a cara limpa, uma vez que os barbudos ficam com aparência mais velha e agressiva.

“A barba ideal? A que fica melhor no cara. ‘Mas meu rosto é fino, tem que alongar no queixo.’ Dá para fazer isso, mas é gosto, não adianta, tem que fazer o que ele gosta. Seguir padrão não existe, inventam essa história para boi dormir”, diz Rafael Sevilla, barbeiro na Barbearia 9 de Julho, em São Paulo.

Enquanto prepara a cadeira e os instrumentos necessários para atender um cliente, Sevilla conta que ele mesmo só pode cultivar a barba como gostaria após entrar para o ramo. “Eu era funcionário público, não tinha como. Essas daqui (e ele aponta para as tatuagens nos braços) eu também fiz depois que saí.” Ele diz que 20 minutos é o tempo médio para fazer a barba em casa, sem pressa, bem feito. Aqui ele conta como é o processo na 9 de Julho e dá dicas do que você pode fazer na sua casa:

PASSO 1: hidratante e toalha quente
“No caso dele é legal passar um hidratante antes de passar a navalha para não irritar tanto a pele. Já a toalha, ninguém vai ter um estufa em casa [para esquentar as toalhas], então o que você pode fazer é colocar no micro-ondas por uns dois minutos, meio úmida, e colocar no rosto. Você tira quando ver que começou a ficar fria.”

PASSO 2: espuma quente
“Aqui a gente tem uma máquina de espuma que sai quente. Na sua casa você não vai querer arriscar de colocar a espuma no micro-ondas. Faz o quê? Compra aquela espuma de bisnaga, pega um pouco de água do chuveiro ou pode esquentar no fogão e mistura. É melhor para aplicar na pele. Não usamos pincel [na hora de aplicar a espuma] porque temos muitos clientes, não é higiênico, mas você pode usar em casa.”

PASSO 3: navalha e desenho da barba
“Primeiros nós usamos a navalha para fazer o desenho da barba e tirar o excesso de pelos, sempre passando no sentido em que eles crescem. Ao invés da navalha, que nem todo mundo tem, você pode usar um barbeador com uma lâmina só, é mais fácil de marcar o desenho. Depois você usa a que quiser.”

PASSO 4: óleo e outra toalha quente
“Antes de fazer a barba contra o pelo, que é a parte mais agressiva, a gente passa um óleo hidratante, um óleo de amêndoas, que ajuda a hidratar o pelo. O legal é evitar ao máximo deixar sua pele vermelha. Não adianta fazer a barba e arrebentar a pele. Aplicamos mais uma toalha quente porque a pele vai esfriando.”

PASSO 5: fazendo barba e bigode
“O legal é fazer bem de leve porque é contra a pele, não pode forçar muito para não irritar a pele. É importante ter atenção no pescoço. Geralmente, os pelos abaixo do ‘gogó’ (ou pomo de Adão) crescem para o peito, acima dele, para a cara. No bigode, é legal não deixar passar da linha de expressão do rosto ou fica um aspecto meio esquisito, e é sempre bom deixá-lo alinhado para não passar do lábio. Dê uma penteada. Tente usar um barbeador elétrico porque qualquer descuido com um de lâminas é um corte na hora. Dói muito, e eu sei, e sangra demais.”

PASSO 6: volume da barba
“Aqui nós vamos abaixar o volume dessa barba. Nessa hora é bom ficar esperto para os pelos não voarem no seu olho, é igual faca. Se tiver, peça para a namorada ou o namorado te ajudar, não custa nada, é coisa de minuto. Sempre que você usar o barbeador elétrico, passa um óleo, às vezes vem junto na caixa, nas lâminas antes de guardar. É bom mandar afiar as lâminas de dois em dois anos.”

PASSO 7: massagem e aquela relaxada
“Nós temos um massageador que faz vibrar a mão. Em casa você pode fazer movimentos circulares no rosto para aumentar a circulação de sangue. Dá uma relaxada.”

PASSO 8: o pós-barba
“Pós-barba tem que arder. Esse negócio de não arder não existe. Fecha na hora o poro. Eu prefiro o clássico, líquido, joga nas mãos e passa. Estranho que ele não gritou.”

PASSO 9: talco, toalha molhada e fim
“Passo um talco para tirar esses caem no pescoço. Em casa, ou com talco ou com a toalha, fria mesmo, você pode passar no rosto e tirar esses pelos que ficam. Passa na cara inteira, sempre sai farelo de barba.”

Serviço:

Barbearia Campeã (São Caetano)
Endereço:
Rua Espírito Santo, 574 - (11) 4229-0501

- Barbearia 9 de Julho (São Paulo/SP)
Endereço: Rua João Cachoeira, 894 - (11) 3071-4172.

- Barba Negra Barbearia (Ribeirão Preto/SP)
Endereço: Av. Independência, 2.165 - (16) 3289-5813.

- Barbearia Bastos (São Paulo/SP)
Endereço: Rua Aurélia, 798 - (11) 3862-8552.

- Barbearia Cavalera  (São Paulo/SP)
Endereço: Rua Oscar Freire, 1.102 - (11) 3083-5187.

- Barbearia Estilo A (Franca/SP)
Endereço: Rua Felisbino de Lima, 1.657 - (16) 3723-1111.

- Barbearia Clube (Curitiba/PR)
Endereço: Rua Jacarezinho, 21 - (41) 3014-9413.

- Barbearia da L’Occitane en Provence (São Paulo/SP)
Endereço: Rua Domingos Leme, 284 - (11) 3044-0575.

- Red Salon Homem (Rio de Janeiro/RJ)
Endereço: Av. Rio Branco, 133 - (21) 2222-1390.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.