Diogo Mello se juntou a dois amigos de infância para lançar a Biritis, cerveja que levará o rosto de Mussum, nas tampas. Um dos amigos é Sandro Gomes, filho do comediante

Tampinha da cerveja terá o rosto do comediante Mussum
Divulgação
Tampinha da cerveja terá o rosto do comediante Mussum

De tantas brincadeiras que viu seu pai fazer na televisão, foi de uma que nasceu a ideia de Sandro Gomes para homenageá-lo. Sandro é filho de Antônio Carlos Bernardes Gomes, eternizado ao lado de Didi, Dedé e Zacarias como o Mussum, e se juntou a dois amigos de infância, Diogo Mello e Leonardo Costa, para lançar a Biritis, cerveja que levará o rosto do comediante, morto em 1994, na tampa.

“Somos amigos há mais de 25 anos. Estávamos batendo um papo há uns dois anos, e o Sandro sempre quis fazer uma homenagem ao pai, mas nunca soube como. Em uma viagem com familiares, a gente tava tomando umas, eu e ele adoramos cervejas especiais, aí surgiu essa ideia de fazer a cervejaria, de usar a visibilidade e aceitação do pai dele para difundir a cultura de cervejas artesanais. Surgiu na brincadeira e começamos a desenvolver”, diz Mello.

Leonardo, Sandro e Diogo com o rótulo da Birits
Divulgação
Leonardo, Sandro e Diogo com o rótulo da Birits

Ao longo de dois anos, os três estudaram formas de negócio, analisaram o mercado e testaram diferentes estilos de cerveja para conseguirem uma que tivesse a cara do comediante. O resultado, desenvolvido por André Cancegliero, da Cervejaria Urbana, é uma “Vienna Lager”, cerveja de baixa fermentação, malte importado, cor laranja e aroma equilibrado, de acordo com a descrição oficial.

“A intenção era não fazer algo que não batesse com a imagem do Mussum. Se a gente lançasse uma cerveja complexa, muito diferente, não casaria com a imagem que as pessoas têm dele, de simplicidade. O mesmo vale para a marca”, explica Diogo. Questionado sobre qual era a cerveja preferida do comediante com quem conviveu um bom tempo, ele não entra em muitos detalhes e brinca: “A que estivesse gelada”.

O publicitário e agora empresário afirma que a cervejaria pretende lançar outras bebidas com “qualidades diferentes” de Mussum: “Tem muitos aspectos. Alegria, simplicidade, o fato de ter sido um carioca da gema, samba, música. Tem muitas coisas que a gente vai conseguir pegar. Por enquanto é a Biritis”.

A Biritis – o nome promete pegar – será vendida inicialmente em alguns pontos de São Paulo e do Rio de Janeiro, inclusive na quadra da escola de samba Mangueira, uma das paixões do comediante, em garrafas de 600 ml.

O preço deve variar entre R$ 20 e R$ 22, valor que não é baixo se a ideia é refletir a simplicidade de Mussum. “A gente gostaria de uma realidade diferente, mas por enquanto não dá. Estamos confiantes de que as pessoas vão provar e reconhecer seu valor”, justifica Mello.

Segundo a Brassaria Ampolis, cervejaria responsável pela Biritis e criada pelo trio de amigos, o plano é produzir cerca de 50 mil litros até o final do primeiro semestre de operação. A distribuição para outros estados além de São Paulo e Rio de Janeiro também está sendo planejada, ainda para 2013.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.