Mais de 200 garrafas da Old Rip Van Winkle, considerada uma das marcas mais exclusivas de uísque bourbon do mundo, foram roubadas de destilaria há dois meses

Uísque foi roubado em outubro, mas polícia ainda não conseguiu solucionar o caso e prender o responsável
Thinkstock/Getty Images
Uísque foi roubado em outubro, mas polícia ainda não conseguiu solucionar o caso e prender o responsável

A polícia do Condado de Franklin, no Kentucky, centro-leste dos EUA, está oferecendo uma recompensa de US$ 10 mil (equivalente a R$ 24 mil) para quem tiver informações sobre o paradeiro de mais de 200 garrafas de uísque e rum roubadas em outubro da destilaria Buffalo Trace.

CURTA A PÁGINA DO DELES NO FACEBOOK

As garrafas, avaliadas em US$ 26 mil, são da marca Old Rip Van Winkle, tida por especialistas como muito exclusiva. De acordo com informações da agência de notícias AP, detetives têm monitorado sites de anúncios e blogs sobre o destilado na tentativa de rastrear as bebidas, além de interrogarem mais de 100 pessoas, mas o caso ainda não foi solucionado. "Estamos apenas tentando trazer Pappy [Van Winkle, nome do uísque] para casa", diz o xerife Pat Melton.

Uma garrafa do uísque 20 anos é vendida por cerca de US$ 130 (equivalente a R$ 280), mas seu valor cresce na revenda e atinge preços entre US$ 300 e US$ 400. A explicação para essa diferença seria a exclusividade da bebida.

Uma matéria de junho deste ano do Wall Street Journal publicou que a Old Rip Van Winkle tem uma produção anual limitada de sete mil garrafas. Em um artigo para a Louisville Magazine, Julian Preston Van Winkle, herdeiro do negócio e bisneto do fundador da marca, disse que até bilionários têm dificuldades de encontrar uma garrafa do uísque: "Seria mais fácil eles comprarem nossa empresa".

* Bebidas alcoólicas são proibidas para menores de 18 anos. Se beber, não dirija.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.