Para seu aniversário de 42 anos, Joel Testa pediu de presente aos amigos que o ajudassem a dar comida e roupas para quem não tem onde morar em Akron

Empresário de Akron pagou jantar em restaurante quatro estrelas para 50 convidados sem-teto
Thinkstock/Getty Images
Empresário de Akron pagou jantar em restaurante quatro estrelas para 50 convidados sem-teto

O empresário Joel Testa não quis saber de ganhar presentes no seu aniversário de 42 anos. Pelo Facebook, ele enviou uma mensagem pedindo que seus amigos o ajudassem a dar comida e roupas para os sem-teto de Akron, cidade de Ohio, nos EUA. "As pessoas geralmente têm medo dos sem-teto. Ficar sem ter onde morar pode acontecer com qualquer um", diz Testa ao jornal Akron Beacon .

CURTA A PÁGINA DO DELES NO FACEBOOK

Joel ainda quis fazer mais. Ao lado de dois sócios, ele é dono de um restaurante quatro estrelas em Akron e preparou um jantar especial para 50 convidados, todos sem-teto. "Algumas dessas pessoas talvez nunca tenham a experiência de jantar em um restaurante", diz.

"Me deram um bilhete e disseram que era para um restaurante quatro estrelas. Eu nem sabia que existia um em Akron", afirma Chris Matthews, de 28 anos e morador de rua há dois. Segundo o jornal local, ele sonha em arranjar um trabalho em uma cidade de clima mais quente como Baton Rouge, na Louisiana, e vai frequentemente à biblioteca para procurar ofertas de emprego na Internet.

Para Keith Stahl, diretor da Community Support Services (CSS), associação que tem a assistência aos sem-teto entre suas atividades, as pessoas precisam sentir que são bem vindas e que serão servidas em um restaurante fino.

O menu preparado pelo chef do restaurante contou com quatro pratos, incluindo uma salada com quiche de espinafre, sopa de alho-poró e batatas, costela assada e mousse de chocolate. Embalagens com o que sobrou foram entregues depois. Testa estima que os gastos do jantar ficaram em cerca de US$ 1 mil, pagos pelo próprio estabelecimento.

Além da atividade idealizada por Testa, a cidade de Akron forneceu transporte gratuito para os 50 convidados e os que não puderam ir até os pontos de encontro receberam carona de voluntários. A expectativa de Keith é que mais pessoas participem da "próxima vez".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.