CenturyLink Arena, em Boise, vendia praticamente a mesma quantidade de cerveja em copos e por preços diferentes. Vídeo de torcedora fez empresa informar que novos copos vão ser comprados

Após vídeo ser publicado, arena informou que vai trocar o tamanho dos copos
Thinkstock/Getty Images
Após vídeo ser publicado, arena informou que vai trocar o tamanho dos copos "grandes"

Quatro torcedores do Idaho Steelheads, equipe de hóquei no gelo de Boise, nos Estados Unidos, abriram um processo contra a empresa que administra a CenturyLink Arena, ginásio onde o time joga, acusando-a de fraude na venda de cerveja em suas dependências.

Copos diferentes, mesma quantidade de bebida
Reprodução/YouTube
Copos diferentes, mesma quantidade de bebida

De acordo com o grupo, a arena vende a mesma quantidade de cerveja por preços e em copos de tamanhos diferentes. O copo considerado grande custa US$ 7, enquanto o regular sai por US$ 4, uma diferença de US$ 3 (cerca de R$ 7).

Em um vídeo publicado no YouTube , o torcedor, com exemplares dos dois copos, passa a cerveja de um para o outro e mostra que a quantidade vendida é praticamente a mesma, ou seja, quem paga US$ 3 a mais pela cerveja grande não recebe mais do que se comprasse o copo normal. O vídeo conta com mais de 1 milhão de visualizações.

No Facebook , Eric Trapp, presidente do Idaho Steelheads e da CenturyLink Arena, afirmou que para "corrigir o problema", copos com capacidade para 24 onças (709 ml) seriam comprados para substituir os antigos de 20 onças (591 ml). O copo regular, de US$ 4, segue o de 16 onças (473 ml).

Segundo informações da agência de notícias AP, Brady Peck, Michele Bonds, William Graham e Brittany Graham, os quatro torcedores que se sentiram lesados, pedem US$ 10 mil de indenização por todas as vezes em que foram ao ginásio para ver um jogo de hóquei no gelo e compraram uma cerveja "grande".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.