Fundador da "Playboy" precisou de seis volumes e mais de 3.500 páginas para contar como foram os 25 primeiros anos de sua criação. Preço é salgado: US$ 1,3 mil

Hugh Hefner e as coelhinhas no aniversário de 60 anos de sua revista, em janeiro de 2014
Getty Images/Rachel Murray
Hugh Hefner e as coelhinhas no aniversário de 60 anos de sua revista, em janeiro de 2014

Reza a lenda de que quando tinha 42 anos, Hugh Hefner convidou uma modelo de 18 anos, menos da metade de sua idade, para sair. Atônita, ela respondeu que nunca tinha saído com alguém com mais de 24 anos. Hugh rebateu: "Nem eu".

Com histórias como essa e muitas, muitas fotos, a Taschen publicou no ano passado a autobiografia de Hefner, dividida em seis volumes e com mais de 3.500 páginas. Nela, ele conta como foram os 25 primeiros anos da revista que criou, entre 1953 e 1979.

Além de fotos dos bastidores e entrevistas publicadas à época com nomes como John Lennon e Martin Luther King, o conjunto de livros, com tiragem limitada em 1.500 unidades, é autografado por Hefner e traz um pequeno pedaço de seu pijama de seda. O preço é para poucos: US$ 1,3 mil (cerca de R$ 2,9 mil). Veja na galeria fotos do livro:


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.