Com shows burlescos e apresentações que remetiam à Belle Époque, concurso teve 24 candidatas. Em sua foto de inscrição, vencedora diz que seu projeto é transformar uma "dona de casa frustrada em uma diva"

Concurso em pub de São Paulo também teve apresentação da artista Aurora D'Vine
Edu Cesar
Concurso em pub de São Paulo também teve apresentação da artista Aurora D'Vine

Um bar de São Paulo voltou no tempo na noite do último sábado. Promovido pelo The Sailor Legendary Pub, o primeiro Concurso Miss Pin-Up contou com 24 candidatas, todas inscritas pela página do local no Facebook ( veja aqui ).

De acordo com Walace Giuzio, um dos sócios do pub, o objetivo da competição é "encontrar personagens que demonstrem, da melhor forma possível, o que significa ser uma pin-up nos dias de hoje".

Você pode não estar familiarizado com o tema, mas, com certeza, já deve ter visto uma garota pin-up. Com trajes de época e em poses sensuais, elas geralmente ilustram pôsteres que vão nas paredes, e têm Betty Grable como uma das representantes mais famosas.

Em São Paulo, as finalistas foram avaliadas nos quesitos estilos, originalidade na apresentação, presença de palco e apelo do público, e a vencedora foi Andréia Alvarez. Em sua inscrição, Andréia, que usa o nome artístico Angel Alva, diz que seu projeto é de se transformar de dona de casa frustrada a diva. Como prêmio, ela ganhou uma viagem para Cancún (México) ou Punta Cana (República Dominicana), um corset sob medida e uma tatuagem assinada por Alessandro Piken.

Veja fotos do Concurso Miss Pin-Up na galeria abaixo:


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.