Para conscientizar homens sobre a própria saúde, Sociedade Brasileira de Urologia oferece exames gratuitos entre amanhã e quarta-feira na estação de metrô da Sé, em São Paulo

Mutirão do Dia do Homem no ano passado
Divulgação
Mutirão do Dia do Homem no ano passado

Amanhã é o seu dia, Dia do Homem, mas a ideia por trás da data não é nada nobre. A história de que os homens vão menos ao médico, seja por medo ou achar que não é preciso, é, muitas vezes, corroborado por profissionais da área de saúde.

Segundo Claudio Murta, urologista e coordenador do Centro de Referência em Saúde do Homem, na capital paulista, cerca de 90% dos homens que vão ao consultório topam fazer o temido exame de toque retal, mas 60% deles chegam com doenças em estágio avançado. "Nos casos das doenças da próstata, na maioria dos casos, o paciente só vai, levado pela parceira ou familiares, quando já está com dor e dificuldades para urinar", diz.

Para evitar que o homem chegue ao consultório tarde demais, a Sociedade Brasileira de Urologia (SBU), em parceria com a Bayer, promove entre amanhã e quarta-feira, na estação de metrô da Sé, em São Paulo, um mutirão de exames voltados para eles.

Quem estiver por lá poderá realizar, gratuitamente, exames como medição dos níveis de testosterona, glicemia, pressão arterial e circunferência abdominal, além de obter orientações sobre cuidados básicos para prevenção de doenças.

Para a prevenção ao câncer de próstata, por exemplo, especialistas indicam seis passos: não fumar, controlar o peso, praticar atividade física, ingerir três porções de tomate por semana, consumir mais peixe (mais de duas porções por semana) e menos carne vermelha (menos de três porções por semana).

Homens poderão realizar exames gratuitos durante os dias 15 e 16 de julho, na estação da Sé
Divulgação
Homens poderão realizar exames gratuitos durante os dias 15 e 16 de julho, na estação da Sé


SERVIÇO:

MUTIRÃO SAÚDE DO HOMEM
Quando: de 15 a 16 de julho de 2014 
Onde: estação de metrô da Sé (São Paulo) 
Que horas: das 7h às 15h

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.