Martin Jacobson, de 27 anos, derrotou o norueguês Felix Stephensen na grande final do WSOP e conquistou o bracelete de ouro; o holandês Jorryt van Hoof ficou em terceiro

Martin Jacobson, de 27 anos, com o bracelete de ouro do WSOP e os US$ 10 milhões
AP Photo/John Locher
Martin Jacobson, de 27 anos, com o bracelete de ouro do WSOP e os US$ 10 milhões

Com uma trinca de 10 sobre um par de 9, o sueco Martin Jacobson derrotou o norueguês Felix Stephensen na madrugada desta quarta-feira e conquistou o título de campeão mundial de pôquer do WSOP (World Series of Poker), realizado no Rio All-Suite Hotel & Casino, em Las Vegas, nos Estados Unidos.

A mão vencedora de Jacobson
AP Photo/John Locher
A mão vencedora de Jacobson

Além do título, Jacobson retorna para a Europa com US$ 10 milhões (equivalente a R$ 25,6 milhões em conversão direta) a mais na conta e o bracelete de ouro do WSOP, avaliado em US$ 500 mil.

Leia mais: Bruno Foster fica em 8° em decisão no pôquer, mas leva R$ 2,4 milhões para casa

Na mão decisiva, Jacobson, com uma dupla de 10 nas mãos, deu "all in", aposta paga por Stephensen, com um Ás e um 9.

Antes mesmo do flop ser relevado, as chances de sucesso do sueco eram de 69%, contra 31% do norueguês. O flop revelou um 10, um 9 e um 3, deu a trinca para Jacobson e elevou suas chances de vitória para 99,6%.

Stephensen, que eliminou Bruno Foster na madrugada anterior, precisaria de dois Ás para virar o jogo. As cartas não vieram - vieram rei e 4 no river e no turn, respectivamente -, e Jacobson foi para o abraço, literalmente. Ele é o terceiro europeu a ser campeão da principal final do WSOP, sendo precedido por Pius Heinz (Alemanha), em 2011, e Peter Eastgate (Dinamarca), em 2008.

"Não existe algo como um torneio perfeito, mas esse foi bem próximo disso", declarou o sueco de 27 anos ao site da ESPN norte-americana. Ao todo, 6.683 jogadores de 87 países participaram do campeonato, que teve sua primeira fase realizada em julho. Veja abaixo a classificação final dos nove finalistas e uma galeria de fotos da grande decisão.

1°. Martin Jacobson (SUE): US$ 10 milhões
2°. Felix Stephensen (NOR): US$ 5,14 milhões
3°. Jorryt van Hoof (HOL): US$ 3,80 milhões
4°. William Tonking (EUA): US$ 2,84 milhões
5°. Billy Pappaconstantinou (EUA): US$ 2,14 milhões
6°. Andoni Larrabe (ESP): US$ 1,62 milhão
7°. Dan Sindelar (EUA): US$ 1,23 milhão
8°. Bruno Foster Politano (BRA): US$ 947,07 mil
9°. Mark Newhouse (EUA): US$ 730,72 mil


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.