Homens e mulheres responderam se tinham vontade de fazer sexo após quatro trechos de filmes distintos. Para eles, "Titanic" foi o que menos deu retorno; para elas, foi o contrário

Kate Winslet e Leonardo DiCaprio em cena de
Reprodução/Facebook/Titanic
Kate Winslet e Leonardo DiCaprio em cena de "Titanic", filme de 1997

Soa como notícia velha e já conhecida, mas um estudo conduzido por Mareike Dewitte, da área de Psicologia da Maastricht University, na Holanda, revelou que filmes românticos têm pouco ou quase nenhum efeito sobre o homem em termos de excitação sexual.

Para a condução do estudo, publicado no Archives of Sexual Behaviour , 164 voluntários (86 homens e 78 mulheres) assistiram à quatro cenas: um casal fazendo sexo, o primeiro beijo de Leonardo DiCaprio e Kate Winslet em "Titanic", uma cena romântica de "Proposta Indecente" e o trecho de um documentário de história.

Os participantes então responderam o quanto eles desejavam fazer sexo após ver cada uma das quatro cenas.

Não houve surpresa entre os homens. O maior retorno veio depois do trecho de um filme pornô, mas a surpresa mesmo é que "Titanic" ficou em último lugar, perdendo para o documentário (o estudo não explicou as razões disso).

Entre as mulheres, houve uma maior resposta aos trechos de "Titanic" e "Proposta Indecente". "Sabemos que se as mulheres assistirem à um filme pornô orientado mais para o público feminino, com uma história, elas se sentirão mais excitadas", diz Mareike Dewitte ao The Telegraph . Já os homens "precisam de um estímulo mais explícito", completa.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.