Felipão tomou de 7 a 1, Bono Vox pediu desculpas por compartilhar músicas de graça, Donald Sterling perdeu o clube por ser racista, Roberto Carlos "voltou a comer carne"... Eles foram destaque em 2014, mas não como esperavam. Veja mais


BILL COSBY
Quem é:  ator e comediante
O que fez em 2014: durante décadas, Bill Cosby foi um dos atores mais carismáticos e queridos de Hollywood. Foi porque a unanimidade em torno de sua pessoa não existe mais. O ator de 77 anos está sendo acusado de estupro por pelo menos 18 mulheres, ao que ele nega e pede para que a imprensa se mantenha neutra. Não é a primeira vez que Cosby se vê envolvido em acusações de estupro, mas é a primeira vez que diversas mulheres que afirmam terem sido vítimas do astro vêm a público. A NBC cancelou um novo programa com o ator, enquanto a Netflix adiou um especial que faria em sua homenagem.

BONO VOX
Quem é:  vocalista do U2
O que fez em 2014:  não foi um bom segundo semestre para o cantor irlandês. Depois de disponibilizar o download automático do novo álbum do U2 no iTunes, o que desagradou muita gente e o obrigou a pedir desculpas, Bono viu seu avião perder a porta  ao pousar em Berlim, na Alemanha, e caiu de bicicleta dias depois , sendo submetido a uma cirurgia de cinco horas para colocar 18 pinos.

DONALD STERLING
Quem é:  ex-proprietário do Los Angeles Clippers, equipe da NBA
O que fez em 2014: o cartola foi obrigado a vender o Los Angeles Clippers após o vazamento de um áudio no qual é possível ouvi-lo proferindo ofensas racistas. O novo dono do clube é Steve Ballmer, ex-CEO da Microsoft, que comprou a equipe por US$ 2 bilhões. Além de perder seu bem mais precioso, Sterling ainda foi banido da NBA.

FELIPÃO
Quem é:  técnico do Grêmio
O que fez em 2014: após a demissão de Mano Menezes da seleção brasileira, no final de 2012, Felipão, o técnico do pentacampeonato mundial, chegou com ares de salvador da pátria e altos índices de aprovação. A Copa de 2014 não foi como ele imaginava, e o Brasil acabou eliminado com uma derrota por 7 a 1 para a Alemanha . Felipão classificou o vexame como resultado de uma pane de seis minutos. Dias depois, ele deixou o comando da seleção. Enquanto você lia isso, mais um gol da Alemanha.

JULIEN BLANC
Quem é:  instrutor de relacionamentos e sedução
O que fez em 2014: foi pego pregando ensinamentos racistas e sexistas a um grupo de homens, acabou expulso da Austrália e impedido de entrar no Brasil  (entenda o caso clicando no link). Blanc viria ao Brasil em janeiro para palestras de relacionamento e sedução, mas o Itamaraty confirmou que o visto do suíço, caso seja requisitado, será vetado.

PAUL ROSOLIE
Quem é:  explorador e naturalista
O que fez em 2014:  a ideia era ser comido vivo por uma sucuri para um programa de TV, mas ele acabou desistindo no meio do processo. "Eaten Alive" não agradou ninguém. Biólogos criticaram a abordagem sensacionalista do Discovery Channel, telespectadores se revoltaram porque Rosolie sequer chegou perto de ser comido vivo. Ele desistiu quando percebeu que seu traje de segurança poderia se quebrar com a força da cobra gigante e ele, de fato, seria comido vivo. A ideia era essa, mas não exatamente essa.

MICKEY ROURKE
Quem é:  ator e lutador de boxe
O que fez em 2014: aos 62 anos, o ator indicado ao Oscar de melhor ator retomou sua carreira no boxe com uma vitória sobre Elliot Seymour , 33 anos mais jovem, em novembro. No entanto, o nocaute técnico para cima de Seymour levantou suspeitas, e o próprio derrotado afirmou ao TMZ  que tudo não passou de encenação. Em troca, ele teria recebido US$ 15 mil. Seymour disse ainda que, até onde sabia, Rourke não estava envolvido na armação.

ROBERTO CARLOS
Quem é:  cantor e "rei"
O que fez em 2014: "voltou a comer carne". Após o sucesso de Tony Ramos como seu garoto-propaganda, a Friboi anunciou a contratação de Roberto Carlos em fevereiro. A ideia era ousada, principalmente porque o cantor supostamente é vegetariano. A campanha com o "rei" virou motivo de piadas e memes , e a empresa rescindiu o contrato de R$ 45 milhões com o artista. Tony Ramos agradece a preferência.

ROGER GOODELL
Quem é:  comissário da NFL
O que fez em 2014:  não agiu quando jogadores de futebol americano se envolveram em casos de violência doméstica, agiu quando os casos repercutiram nacionalmente (nos EUA). Um dos exemplos é o de Ray Rice, ex-jogador do Baltimore Ravens. Em fevereiro, Rice e sua então noiva Janay Palmer foram presos em Atlantic City após uma briga. Dias depois, vaza um vídeo no qual Rice arrasta Janay, inconsciente, para fora de um elevador.

Em julho, Rice foi suspenso de dois jogos por Goodell. Em setembro, um segundo vídeo vazado mostra Janay levando um soco na cara de Rice (foi isso que a deixou desacordada); no mesmo dia, o jogador é demitido do seu time e suspenso por tempo indefinido pela NFL, embora matérias afirmem que a liga já havia visto o vídeo completo meses antes. O descontentamento com Goodell é tão grande que artigos publicados em veículos como Forbes  e Time  levam os títulos "A NFL precisa mostrar a porta de saída para Roger Goodell" e "Como Roger Goodell ainda é o comissário da NFL?", respectivamente.

TONY STEWART
Quem é:
 piloto da Nascar
O que fez em 2014:  atropelou e matou um piloto de 20 anos em uma prova amadora. Tricampeão da principal divisão da Nascar, Tony Stewart é conhecido por seu temperamento dentro das pistas, mas em agosto, durante uma corrida em Canandaigua, nos EUA, ele se envolveu em um incidente que vitimou Kevin Ward Junior.

Um choque entre os dois fez com que Kevin deixasse a corrida. Provavelmente irritado com Stewart, o jovem de 20 anos saiu do carro, invadiu a pista e passou a gesticular contra o carro do tricampeão, que vinha em sua direção. Kevin foi atropelado e morreu horas depois. Tony acabou não sendo acusado pela morte do outro piloto porque um grande júri não encontrou evidências que indicassem que o tricampeão foi imprudente ou teve a intenção de atropelar o jovem de 20 anos. Assista ao vídeo do acidente aqui .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.