Eletricista britânico se surpreendeu com muitas mulheres que acreditavam ter um relacionamento online com ele; namorada de Ali Gordon não gostou da brincadeira

BBC

Um eletricista da cidade de Milton Keynes, no sul da Inglaterra, descobriu que suas fotos na internet estão sendo usadas para criar perfis falsos em sites de namoro. Além disso, ele também conta ter se surpreendido com muitas mulheres que acreditavam ter um relacionamento online com ele.

Ali Gordon, de 26 anos, tem um blog e também trabalha ocasionalmente como modelo. Os seguidores de seu blog o avisaram sobre as contas em sites de namoro e mulheres entraram em contato com ele até quando o britânico estava em locais públicos..

Seguidores do blog contaram para Gordon que fotos dele tinham sido roubadas
BBC
Seguidores do blog contaram para Gordon que fotos dele tinham sido roubadas

"Um grupo de garotas se aproximou e disse 'oi, Michael'. Elas tentaram conversar comigo como se me conhecessem e eu nunca tinha visto nenhuma delas em toda minha vida!"

"Elas eram da Irlanda e, conversando um pouco descobri que aparentemente elas me conheceram pelo Tinder, um aplicativo de encontros no qual eu não estou (registrado). Tenho um relacionamento", afirmou o britânico.

A partir deste episódio, amigos de Gordon começaram a falar sobre outros perfis falsos que usavam fotos dele. O britânico até descobriu que alguns destes perfis tentavam extorquir dinheiro de mulheres.

E isto levou o eletricista a temer pela própria segurança.

"Se eu for identificado de forma errada na rua, como já fui, e pelas razões erradas, como saber no que isso pode resultar? Posso ser atacado ou qualquer outra coisa neste sentido."

Vejas as armadilhas dos aplicativos de paquera: 


Namorada 

Gordon conta que os perfis falsos também já causaram problemas com sua namorada.

"Ela recebeu algumas mensagens de amigos, que eu imagino que não tenham sido muito agradáveis. Eles contavam que tinham encontrado meu perfil em sites de namoro."

"Uma pessoa ouvir isto a respeito do parceiro não é legal. Acho que ela não aceitou muito bem. Obviamente, depois descobrimos que eram os perfis falsos", afirmou.

Gordon tentou denunciar o problema para os sites de redes sociais mas não conseguiu desativar estes perfis.

Especialistas afirmam que as opções para quem passa por este tipo de situação são limitadas.

O roubo de identidade na Internet está cada vez mais comum e especialistas esperam que histórias como as de Gordon ajudem a conscientizar as pessoas sobre a importância da segurança online.

"Me sinto mal pelas vítimas, as garotas que realmente estão falando com indivíduos que fingem ser eu", afirmou Gordon.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.