Pasquale Brocco, campeão do WBFF Transformation Londres, chegou a pesar 274 kg e para começar a dieta, jogou todos os alimentos que tinha em casa fora. Veja o que ele fez para eliminar tanto peso e recuperar a saúde

O norte-americano Pasquale Brocco exibe nas redes sociais um físico sarado, com músculos definidos, um sorriso no rosto. Para muitos que o veem atualmente é dificíl imaginar que esse mesmo homem chegou pesar 274 kg e escutou do médico que se continuasse daquela maneira poderia não sobreviver. E então, como emagrecer depois de um diagnóstico desse? Brocco usou a notícia como motivação, mudou a dieta e o estilo de vida e perdeu mais de 150 kg em quatro anos. 

Leia também: Com dieta 80/20, mulher emagrece 70 kg e vence concurso fitness

Pasquales Brocco venceu concurso fitness depois de perder mais de 150 kg e dá dicas de como emagrecer a milhares de seguidores em suas redes sociais
Reprodução/Instagram/@possiblepat
Pasquales Brocco venceu concurso fitness depois de perder mais de 150 kg e dá dicas de como emagrecer a milhares de seguidores em suas redes sociais


O rapaz faz sucesso nas redes sociais com sua história e soma mais de 186 mil seguidores no Instagram. Ele faz parte de um programa que dá dicas de como emagrecer e diz que se sente feliz em servir como uma fonte de inspiração, além de comemorar as mudanças no físico e no psicológico. “A vida fitness não só mudou minha vida, mas também salvou o meu estado metal. Finalmente eu tenho um propósito e espero motivar as pessoas”, afirma. 

Pontapé inicial

Em 2013, o excesso de peso já refletia diretamente na saúde de Pasquale. O médico que o alertou sobre os riscos da obesidade disse na época que os exames do norte-americano apontavam para problemas e doenças como pressão alta, colesterol alto e gordura no fígado. Preocupado, ele resolveu mudar ao ouvir que poderia sofrer um ataque cardíaco a qualquer momento por causa dos efeitos da obesidade.

A primeira atitude do norte-americano foi bastante radical. Ele, que estava acostumado a fazer uma alimentação completamente desregrada e cheia de exageros, com muita gordura, fritura e cerca de 11 mil calorias por dia, sabia que precisava mudar a dieta. Para isso, decidiu jogar toda a comida que tinha em casa fora e se forçar a ir ao mercado toda vez que tivesse fome. Detalhe: o mercado ficava a cerca de 3 km de sua casa e ele fazia esse caminho a pé. No começo, por causa dos mais de 270 kg, era difícil até mesmo caminhar, mas ele ia em seu ritmo e chegava a andar 10 km por dia para comprar os alimentos para as refeições. 

Nova dieta

Pasquale pesquisou sobre alimentação saudável e fez mudanças também no cardápio. Aquelas 11.000 calorias diárias passaram para 2.500 calorias. Aos pouco, conseguiu cortar itens que antes considerava essenciais como leite e refrigerante.

Antes de começar a dieta, ele confessa que tomava cerca de 2 litros de refrigerante a cada refeição. O primeiro passo foi passar a comprar garrafas menores. Depois, conseguiu deixar a bebida de lado em algumas refeição, apelando para o refrigerante apenas uma vez ao dia. Outra medida foi substituir a versão tradicional por uma light ou diet da bebida. Após um tempo, gradativamente, Pasquale conseguiu mudar esse hábito até eliminar o refrigerante do cardápio. 

O leite também era uma muleta na alimentação do norte-americano. Em alguns casos, esse item pode causar desconforto e inchaço abdominal em quem tem alergia ou intolerância a substâncias como lactose. Quem não tem nenhuma restrição não precisa cortar o leite animal do cardápio, mas Pasquale resolveu eliminar também esse produto do dia a dia. A alternativa para ele foi apostar no leite de amêndoas. 

Leia também: Leite de amêndoas, de coco, de aveia - como incluir o leite vegetal na dieta

Com a nova dieta, aliada às caminhadas diárias, o norte-americano obteve os primeiros resultados. Em oito meses ele havia eliminado 40 kg. Ele disse em uma postagem recente em seu Instagram que até poderia se sentir feliz com esse resultado, mas que queria mais e sabia que poderia melhorar ainda mais a forma e a saúde. 

Transformação no corpo de Pasquales ao longo de quatro anos
Reprodução/Instagram/@possiblepat
Transformação no corpo de Pasquales ao longo de quatro anos

"Quando comecei a jornada, pensava que eliminar 40 e poucos quilos já estaria ótimo, que assim eu não seria mais gordo e que todos os problemas de saúde iriam embora. Quando eu perdi os primeiros 40 kg em poucos meses, poderia ter parado, mas sabia que isso seria errado. Sabia que poderia continuar e ser melhor que isso. Continuei lutando contra cada quilo até perder os 154 kg e derrotar não só a obesidade e as doenças, mas a antiga versão de mim E até hoje tenho melhorar e estou procurando a  minha melhor versão", escreveu o norte-americano na rede social. 

Para seguir a busca pela boa forma, Pasquale também inseriu mais atividade física em sua rotina. No começo, a caminha era praticamente a única alternativa porque, além de faltar fôlego, ele não cabia nos equipamentos da academia. A medida que conseguiu entender como emagrecer, ele se sentiu mais disposto e conseguiu passar a frequentar a academia. Além da caminha, incluiu a musculação no dia a dia. E encontrar na academia outras pessoas que também estavam tentando emagrecer e vencer a obesidade fez com que ele se sentisse ainda mais motivado. 

Excesso de pele

Pasquales Brocco mostra que ainda tem excesso de pele
Reprodução/Instagram/@possiblepat
Pasquales Brocco mostra que ainda tem excesso de pele

Pasquale também enfrentou um problema muito comum aos obesos que conseguem perder peso: o excesso de pele. Em uma foto também no Instagram ele mostra como é isso. Em outras imagens é possível notar cicatrizes no tronco do rapaz. Ele já fez uma cirurgia para retirar o excesso de pele e, com isso e dedicação à dieta aos exercícios, exibe um corpo definido, que nem de longe lembra aquele de quatro anos atrás e mais de 270 kg. 

Ele ainda dá dicas para quem está em um processo de emagrecimento. Segundo Pasquale, para amenizar a formação se excesso de pele é importante manter o corpo bem hidratado, seguir uma dieta balanceada, fazer treinos de força, cuidar da pele e contar com uma ajuda da genética. 

Leia também: "Com muito choro e dores, renasci aos 31 anos", diz homem que venceu a obesidade

Reconhecimento, título e mais inspiração

Tamanha mudança rendeu a Pasquale até um título. Ele venceu o WBFF Transformation Londres, concurso fitness que premia aqueles que conseguiram transformar o corpo de maneira saudável. A competição chega ao Brasil em outubro e as inscrições para participar estão abertas. 

O título é um fator motivacional, sem dúvida, mas o dia a dia dele também serve como inspiração para as centenas de seguidores no Instagram. Ele costuma dar dicas de como lidar com o processo de emagrecimento, alerta para as armadilhas no caminho e até ensina receitas.

Em um post, por exemplo, ele mostra como fazer waffle ou panqueca com leite de amêndoas.


Em outra postagem, ele destaca que o caminho para a boa forma ainda não acabou. 

Understand the picture on the left I had already lost 200lbs! Now Trust me I was happy with my progress, and I was way healthier and felt 100x better then I have in years. I easily could have stopped there Thing is I wasn't content I kept fighting and now I'm the person on the right! Soon that picture On the right will be used for my next transformation because I'm Always aiming to be better always wanting more, never going to be content and always staying hungry for success!! This isn't a diet, its not a 16 week workout program, a 30day booty challenge, this is a lifestyle because Our health is our wealth #transformationtuesday #missionpossiblepat #teambodybuildingcom Special thanks to my team and all the people that supported me through out my journey and still do today! From all my followers to my family, my coach, and the companies that believe in my mission! You guys keep me accountable and moving forward!

A post shared by Pasquale Brocco (@possiblepat) on


"Na foto da esquerda já tinha perdido 90 kg. Acredite, eu estava feliz com meu progresso e me sentia muito mais feliz e 100 vezes do que melhor do que me sentia a anos", escreve. Ele diz que decidiu continuar, e o progresso é nítido. Apesar dos músculos e da saúde em dia, ele afirma querer mais. "A foto da direta ai ser usada para motivar a minha próxima transformação porque sempre tentarei ser melhor", diz em outro trecho. E ainda completa: "Isso não é uma dieta, não é um daqueles programas de 16 semanas ou desafio de 30 dias É um estilo de vida porque nossa saúde é nosso bem". Mais do que entender como emagrecer, é preciso não desistir no meio do caminho, defende Pasquale Brocco. 

    Leia tudo sobre: dieta
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.