Segundo especialista, esfoliar, hidratar e escolher produtos próprios para o cuidado com a barba são hábitos essenciais para mantê-la limpa e saudável

Ter uma barba cheia se tornou o sonho de consumo de muitos marmanjos, mas, ao deixar os fios crescerem, o homem pode sentir alguns incômodos, como a coceira. “Essa reação ocorre quando a pele por baixo dos fios fica irritada ou ressecada. Isso acontece, principalmente, devido ao barbear, já que as lâminas deixam os fios afiados e pontudos, irritando a pele quando voltam a crescer” explica Ana Paula Kascher, diretora comercial da Barba Urbana.

Leia também: Confira cinco coisas que você não deve fazer se é barbudo

Para evitar coceiras na barba, basta manter alguns cuidados básicos de higiene  e comprar os produtos certos
shutterstock
Para evitar coceiras na barba, basta manter alguns cuidados básicos de higiene e comprar os produtos certos


Outros fatores que podem piorar esse problema, segundo a especialista, é a falta de hidratação e o acúmulo e resíduos na barba . Mas, antes de desistir de deixar os fios no maior estilo "lenhador", saiba que, com alguns cuidados básicos, você pode evitar a coceira e deixar os pelos hidratados e bem limpos.

1. Limpe

Para evitar a coceira, é essencial manter a higiene e livrar a área do rosto livre de detritos, poeira e células mortas que vão se acumulando com o passar do tempo. Existem produtos específicos para isso e a indicação da especialista é utilizar, na hora de fazer a higienização da área, um xampu própio para cuidados com esses fios.

via GIPHY


“Os xampus convencionais para o cabelo podem ressecar a pele se forem usados na área em que cresce a barba, causando ainda mais coceira. Além disso, esses xampus específicos também hidratam e suavizam os fios, deixando-os mais maleáveis e menos sujeitos a causar irritação após o barbear”, afirma Ana.

2. Esfolie

A esfoliação ajuda a tirar as células mortas que se acumulam na pele. O ideal é esfoliar o rosto duas vezes por semana, pois essa é uma forma de promover uma limpeza mais profunda nos poros. Quando eles estão desobstruídos, dão passagem para que os novos pelos nasçam e cresçam livremente, sem encravar. Esse simples procedimento também evita cravos e espinhas. Como a pele do homem é mais grossa, a dica é sempre usar um esfoliante que seja voltado para o público masculino.

via GIPHY


Leia também: Cuide dos fios e evite a acne e a foliculite

3. Hidrate

Quando está ressecada, é possível que a pele sob a barba comece a descamar e, ao coçá-la, pedacinhos de pele morta se soltam, dando a impressão de que você está com caspa. Sendo assim, além de esfoliar, também é muito importante hidratar a pele diariamente para evitar esse ressecamento.

via GIPHY


De acordo com Ana, a melhor forma de hidratar a região é usando óleos específicos para a face. Esses produtos agem amaciando e revitalizando os fios, mantendo-os soltos, brilhantes e hidratados. Fora isso, o processo também evita que os fios quebrem.

4. Penteie

Durante o dia, os barbudos podem acumular resíduos e impurezas nos fios e isso irrita a pele, danifica os pelos e tira o brilho. Para resolver o problema, basta pentear os fios do rosto no fim do dia, já que, além de eliminar os resíduos, você treina os fios a crescerem em uma direção específica, reduzindo o risco de causar irritação e coceira.

via GIPHY


Leia também: Especialista responde as maiores dúvidas dos homens que querem ser barbudos

O ideal é separar um pente somente para a barba e preferir os que são feitos de madeira. “Esse material é responsável por retirar a eletricidade estática dos fios, o que faz com que se tornem menos rebeldes à ação de pentear e desembaraçar. O pente de madeira também traz o benefício de distribuir melhor a oleosidade natural do fio, evitando que se acumule na raiz e que a ponta fique seca”, conclui Ana.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.