Andy Ross, um homem que trabalha com construções, acabou vivenciando uma situação embaraçosa no mercado e ensinando lição sobre aparências

Para aqueles que fazem um trabalho sujo, literalmente, ao ar livre e que demanda esforço físico, uma passada no mercado no final do dia pode ser um pouco desgastante. Andy Ross, um homem que trabalha na indústria de construções em Vancouver, no estado de Washington, Estados Unidos, acabou experienciando uma situação embaraçosa no mercado e descobriu a necessidade de ensinar uma lição sobre aparências .

Leia também: Homem viraliza após lição em filho: "Tem pai que prefere culpar os professores"

Pode não parecer, mas o Ross com rosto sujo é a mesma pessoa quando limpo, por isso ensinou lição sobre aparências
Reprodução/Facebook/Andy Ross
Pode não parecer, mas o Ross com rosto sujo é a mesma pessoa quando limpo, por isso ensinou lição sobre aparências


O americano estava fazendo compras, na volta para casa após um dia de trabalho no canteiro de obras, quando percebeu que uma pequena garota estava o encarando na loja por causa de uma sujeira no rosto de Ross. Ele não pensou nada sobre a situação até precisar ensinar uma lição , após ouvir a mãe da menina chegar e dizer para a filha: “É por isso que você precisa ficar na escola”.

Uma atitude preconceituosa, não é? A mãe mal sabia que Ross já foi um médico de operações especiais e acabou julgando o homem por sua aparência. Assim, ele decidiu se apresentar para as duas e ensinar que não se pode julgar uma pessoa na rua apenas por sua aparência externa.

Ele fez questão de esclarecer que tem, sim, uma formação educacional e um diploma da faculdade, além de outros certificados médicos. O trabalhador também pontuou que escolheu trabalhar com construções e se orgulha pelo que faz todos os dias, fazendo aquilo que gosta, após já ter tentado trabalhar em outros lugares. “Eu gosto de trabalhar com as minhas mãos e ficar ao ar livre”, desabafa em seu perfil no Facebook.

Ross, satisfeito em seu trabalho e capaz de sustentar a família e ter benefícios, afirma que sua aparência não reflete sua formação educacional e que deixou mãe e filha com a mensagem: “Tenham um bom dia e tentem não julgar as pessoas antes de saber qualquer coisa sobre elas”.

O relato de Ross viralizou no Facebook, chegando a quase 300 mil curtidas, com mais de 160 mil compartilhamentos e 30 mil comentários. Muitos usuários se identificaram com a publicação, compartilhando histórias de próprias de trabalho que envolve sujeira e apoiando o trabalho e as palavras do homem.

Leia também: Pai não encontra fraldário, troca filha no chão, fica revoltado e faz post viral

A lição de moral de Ross

Ao final da publicação no Facebook, Ross enumerou as lições de moral do dia:

  1. Não julgue as pessoas à primeira vista.
  2. Faça o que você ama e nunca será um ‘trabalho’.
  3. Empregos de ‘colarinho azul’ são os melhores.
  4. Educação é importante, mas a faculdade não garante nada.
  5. Experiência, trabalho duro e dedicação fazem com que você seja bem sucedido na sua carreira.
  6. Não seja um pai chato, que ensina crianças a serem chatas.
  7. Ao tentar insultar alguém com formação educacional, mostre que tenha formação educacional também.
  8. Eu preciso de um banho.

Leia também: Foto de homem em supermercado viraliza e ensina como ser um cavalheiro

A lição dada pelo homem de rosto sujo foi reforçada por inúmeros comentários de usuários que revelaram sofrer todos os dias e passar pelo mesmo que Ross passou apenas por causa da aparência.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.