Com um ar de "Onde está Wally", como define um dos responsáveis pelo filme, "Drone Boning" faz tomadas aéreas de belas paisagens nos arredores de San Francisco enquanto os atores fazem sexo

Cena de
Divulgação
Cena de "Drone Boning", da produtora Ghost+Cow Films

Foi-se o tempo em que drones eram usados exclusivamente por forças militares. Hoje eles são úteis para filmar acontecimentos como os protestos em Hong Kong , entregar compras e cervejas , embora este serviço ainda não esteja regularizado, e é motivo até de pancadaria e suspensão de uma partida de futebol .

No entanto, ninguém chegou perto do que Brandon LaGanke e John Carlucci, donos da produtora Ghost+Cow Films , fizeram. Com belas tomadas aéreas em diversas locações, a dupla produziu o que deve ser o primeiro filme pornô filmado com um drone.

Ao site Motherboard , LaGanke afirma que o filme nasceu da ideia de "fazer pornô, não guerra", em uma referência ao uso dos drones em combates armados. A execução do projeto foi simples e direta: "O plano era pegar lindas paisagens e apenas colocar pessoas fazendo sexo nelas".

"Nós queríamos mostrar o valor artístico dessa perspectiva. Nós filmamos em lugares onde você não consegue ver muita coisa do chão, mas, quando você coloca um drone no ar, você é capaz de ver o que está acontecendo", completa Carlucci, que brinca ainda que as imagens têm um ar de "Onde está Wally". " Drone Boning " foi gravado nos arredores de San Francisco, nos EUA, e seu trailer pode ser visto aqui (aconselhável não abrir no trabalho).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.