A técnica é uma ginástica íntima que não faz uso de acessórios e pode trazer benefícios para saúde, além de melhorar o desempenho sexual

Uma técnica de ginástica íntima e de origem ocidental promete ser uma solução para a ejaculação precoce  e disfunção erétil. O pompoarismo é uma prática que, a princípio, era utilizada apenas por mulheres na busca por prazer, para facilitar o trabalho de parto e para o tratamento de diversas doenças urinárias, mas com o tempo descobriu-se que a técnica trazia vários benefícios para a saúde e que eles também se estendiam para os homens.

Pompoarismo ajuda na ejaculação precoce e permite ao homem conhecer melhor o próprio corpo
Pinterest
Pompoarismo ajuda na ejaculação precoce e permite ao homem conhecer melhor o próprio corpo


A diferença está na prática dos exercícios. A pompoarista Carol Ribeiro explica que há distinção nas técnicas aplicadas em homens e mulheres. “No pompoarismo feminino, os exercícios são posturais, com acessórios e em contrações. Já no masculino, os exercícios consistem em: contrações e massagens no pênis, na glande, no períneo e nos testículos. Na técnica para os homens também não existe o uso de acessórios”, diz.

Tanto homens quantos mulheres buscam essa ferramenta para apimentar, renovar e até salvar relacionamentos . “Geralmente funciona. O pompoarismo promove um autoconhecimento fantástico. Quando a pessoa adquire a capacidade de se conhecer melhor, a convivência em casal melhora automaticamente”, conta a especialista.

Ejaculação precoce

Carol fala que existem várias causas para a ejaculação precoce e ressalta que não há um tempo ideal para acontecer uma relação sexual . Portanto, um ejaculador precoce é o homem que não consegue resistir a fortes estímulos de prazer e acaba chegando ao orgasmo antes de satisfazer a parceira ou a si mesmo.

“O pompoarismo trabalha com preceitos do sexo tântrico , de forma que o homem aprende a estimular-se com calma, sentindo seu corpo, descobrindo outras zonas erógenas que não possuem nenhuma relação com o pênis. Existem homens, por exemplo, que têm muita sensibilidade nas costas, nos mamilos. O pompoarismo trabalha o corpo e a mente”, afirma a especialista.

5 fatores que prejudicam o seu orgasmo

Benefícios

Um dos maiores benefícios que Carol destaca é que o homem passa a ter o controle total do prazer, ou seja, mantém a ereção por mais tempo e segura a ejaculação para que ela aconteça somente no momento que ele escolher.

“A técnica proporciona orgasmos secos , dissociados da ejaculação . A ejaculação é fisicamente desgastante para o homem. Alguns não conseguem ejacular mais de uma vez por transa. Outros precisam de um grande intervalo”, expõe Carol.

Ela completa dizendo que ter orgasmos sem ejaculação é algo mais intenso e prazeroso. “A ejaculação é um momento de extremo prazer, pois acumula todo o tesão. Muitos homens relatam que o prazer, a alegria e a leveza são tão intensas que eles chegam a chorar”, conta.

Exercícios

A prática é extremamente prazerosa, segundo Carol. Os exercícios evolvem massagens e manipulações, que são movimentos masturbatórios. Ela indica que o exercício seja interrompido caso esteja prestes a ejacular, pois o objetivo é educar a musculatura pélvica e peniana para que a ejaculação aconteça quando o homem desejar.

A especialista ensina dois tipos de exercícios de pompoarismo masculino. No primeiro, o homem deve diarimanete contrair o músculo pubococcígeo (PC). Carol explica que essa contração é a mesma que a pessoa faz para segurar a bexiga, mas ela alerta que o exercício deve ser feito com a bexiga vazia e fora do ato de urinar.

Então, quando não estiver com vontade de ir ao banheiro contraia lentamente e fortemente o músculo por 10 vezes seguidas. Repita essa série seis vezes por dia. “Esse exercício pode ser feito em qualquer local, pois não causará ereção e ninguém vai perceber. Deve ser feito em pé”, diz.

Já o outro exercício é para o momento de intimidade, pois se trata de um movimento masturbatório. A especialista diz que o pênis deve ser massageado até a glande, alongando-o. Esse movimento deve ser repetido por 20 vezes. “A ejaculação não deve ocorrer antes do fim do exercício. Caso o homem sinta uma excitação extrema, deve interromper o exercício, respirar e quando o nível de excitação diminiur, voltar a contagem de onde parou”, fala.

Veja dicas e surpreenda sua parceira com brincadeiras sexuais

Medos e dúvidas

Vários homens têm medo da prática exigir a utilização de acessórios  e que tenham que ser penetrados, porém não é usado nenhum tipo de objeto para realizar os exercícios. Através de contrações, a técnica também acaba trabalhando o ânus, que possui uma musculatura fundamental para o controle do assoalho pélvico.

“É importante observar que a realização desses exercícios faz parte da técnica e não influenciarão negativamente na masculinidade do homem. O pompoarismo é uma técnica para homens bens resolvidos independentemente de sua escolha sexual”, finaliza a especialista.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.