Tamanho do texto

Barba bem-feita e cabelo cortado não bastam. Veja como dar um "up” no visual e ainda agradar sua mulher de vez

Em termos de cuidados com a aparência ainda estamos a anos-luz de distância delas. É fato. Qual foi a última vez que você passou horas no cabeleireiro ou gastou fortunas com um creme antirrugas, por exemplo? Se vaidade não é o problema, então só pode ser preguiça. 

Confira oito sugestões de tratamentos de beleza que as mulheres vivem pedindo para que os homens façam.

Aparar os pelos de nariz, sobrancelha e orelhas
Eles crescem e nem sempre nos damos conta. Não espere que alguém dê um toque sobre seus pelos salientes. Arme-se com uma pinça ou um aparador automático e resolva o problema. Para aparar as sobrancelhas, a dica é seguir o desenho natural e não deixar que elas se juntem. "É algo bastante simples, mas que contribui bem para uma aparência mais charmosa”, explica a dermatologista Ligia Kogos, dona de clínica estética que leva seu nome.

Dói? Com o aparador, não. Com a pinça, um pouco.

Demora? Alguns minutos em frente ao espelho, uma vez por mês, são suficientes.

Depilar as costas e o peitoral: Esta dica deve ser vista como uma questão de gosto pessoal. No caso, o dela, não o seu. Algumas mulheres gostam de um visual mais rústico, estilo lenhador. Outras preferem algo mais "clean". Se este for o caso, há três formas de fazer a depilação: laser, cera ou máquina. O laser é a melhor opção para quem busca uma solução definitiva. “Em cerca de seis sessões é possível eliminar praticamente todo o pelo”, garante Ligia. Segundo a especialista, ainda que o método seja um pouco dolorido, não chega perto da dor causada pela depilação com cera. 

Dói? A cera é o mais dolorido dos três métodos.

Demora? Cerca de seis sessões de laser de uma hora cada são suficientes. Com cera, a depilação deve ser feita a cada 45 dias e as sessões também duram cerca de uma hora.

Usar filtro solar diariamente:  O mais básico dos cuidados com a pele é também um dos mais importantes. Além de evitar o aparecimento de sardas e manchas no rosto, o filtro protege contra o envelhecimento precoce causado pela incidência de raios ultra-violeta. “O uso diário é de extrema importância, principalmente para quem faz atividades ao ar livre”, alerta a dermatologista. 

Dói? Não.

Demora? Um minuto, diariamente.

Fazer limpeza de pele:  Forma de conter o aparecimento de cravos, espinhas e pelos encravados, a limpeza facial é tão dolorosa quanto necessária. Segundo a especialista, no entanto, não precisa ter medo: a dor só é maior no caso de pessoas com um quadro inflamatório agudo.

Dói? Bastante.

Demora? Deve ser feito a cada dois meses e a sessão dura cerca de uma hora.

Cuidar bem dos pés:  Unhas encravadas, micoses, mau cheiro. Os pés masculinos não costumam ser conhecidos por sua graça. Você, no entanto, pode ser diferente. Comece com uma ida ao podólogo para tirar possíveis unhas encravadas. Depois disso, adquira o hábito de lixar os pés de vez em quando para deixá-los mais macios. O tratamento de micoses é feito com pomadas e medicamentos.

Dói? Não.

Demora? Uma consulta no podólogo pode demorar em torno de uma hora. O tratamento para micose nas unhas demora de seis meses a um ano para ser concluído.

Tratar caspa e oleosidade:  A resolução destes problemas comuns a muitos homens começa com uma ida ao dermatologista. O profissional irá identificar o seu tipo de pele e receitar xampus específicos para o seu problema. “Produtos à base de gliconato de zinco são muito eficazes, pois combatem a descamação do coro cabeludo sem danificar os fios”, explica a especialista.

Dói? Não.

Demora? Em cerca de uma semana os resultados já começam a aparecer.

Aparar as unhas regularmente:  Manter as unhas bem cortadas - roídas não conta - não é pedir muito. Uma opção para deixar as mãos esteticamente mais agradáveis é recorrer à manicure, que tira cutícula e passa base nas unhas.

Dói? Não.

Demora? Cinco minutos se cortar em casa e meia hora na manicure.

Tratar queda de cabelo:  Quando aparece, este problema é como um golpe direto na autoconfiança masculina. Mas tem solução. Principalmente quando detectado desde o início. O tratamento da calvície é feito geralmente com o uso de medicamentos via oral e o auxílio de cremes específicos. Segundo Ligia Kogos, no entanto, é necessário tomar cuidado com clínicas de beleza que prometem milagres com tratamentos alternativos. “O paciente não pode ficar refém da clínica. Em meio às massagens, banhos e outras coisas que estes lugares oferecem também é dado o remédio, que é o que funciona realmente”, alerta.

Dói? Não.

Demora? É um tratamento simples, mas a longo prazo, que pode durar anos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.