Tamanho do texto

Oito carros que fizeram parte da Ecurie Ecosse, equipe escocesa vencedora das 24 Horas de Le Mans em 1956 e 1957, vão a leilão em dezembro. Coleção vem com ônibus capaz de transportar três dos veículos

Sete carros esportivos e um ônibus transportador prometem chamar atenção no leilão da Bonhams, marcado para o dia 1 de dezembro, em Londres. Trata-se de uma exclusiva coleção da Ecurie Ecosse que pertence até o final do ano ao empresário e colecionador Dick Skipworth - neste vídeo  (clique para assistir) ele fala sobre o ônibus.

Fundada em novembro de 1951 pelo empresário e piloto amador David Murray, a escocesa Ecurie Ecosse saiu de Edimburgo para conquistar a 24 Horas de Le Mans consecutivamente em 1956 e 1957, com um Jaguar D-Type dirigido por Ron Flockhart, Ninian Sanderson and Ivor Bueb.

Entre os pilotos que guiaram seus carros, a maioria deles Jaguar, estão Jackie Stewart, tricampeão da Fórmula 1, e seu irmão Jimmy.

Em dez temporadas, a escuderia escocesa conquistou 68 vitórias. A equipe foi desmontada em 1972, mas uma década depois, sob nova direção, e ainda compete na série europeia da Le Mans e na GT britânica.

Quem arrematar a coleção - e deve pagar alguns bons milhões de libras por ela - vai levar para a garagem: Jaguar XK120 Roadster de 1952, Jaguar C-Type de 1953, Jaguar D-Type de 1956, Tojeiro-Jaguar de 1959, Cooper T49 Monoca de 1960 (dirigido por Jackie Stewart), Austin Heasley Sebring Sprite de 1961, Tojeiro-Buick Coupe de 1962 e o caminhão com capacidade para levar três carros, o Commer Ecurie Ecosse Transporter de 1959.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.