Tamanho do texto

Homens que tiram os pelos por completo são minoria, enquanto a maioria das mulheres não curte muito

Uma pesquisa feita pelo site da revista "Men's Health" mostrou que a grande maioria das mulheres não gosta quando o cara depila as pernas  por completo, uma prática que vem se tornando comum no universo masculino - o estudo revelou que 15,3% dos homens retiram todos os pelos.

Homens que depilam as pernas são minoria
Getty Images
Homens que depilam as pernas são minoria

Diante disso, o iG Deles resolveu perguntar aos seus internautas: você depila as pernas? Os dados foram parecidos com os da publicação norte-americana, com 14,2% dos que responderam a enquete admitindo que raspam a perna inteira. Outros 60,8% disseram que não encostam no local, enquanto 25% avisaram que aparam os pelos com máquina.

Mas se as mulheres já disseram que não gostam, por que continuar tirando os pelos? O educador físico Fábio Roberto Queijo está entre a minoria que deixa a perna pelada, mas tudo começou por conta de uma necessidade. 

"Depilo sim, passo máquina na perna porque há um ano e meio fiz uma cirurgia de varizes e depois disso os pelos não cresceram bem na região. A estética não ficou legal e aí resolvi adotar as pernas assim, até na coxa. Não passo cera e nem lâmina, é na máquina mesmo", comentou Fábio.

E se não fosse pela operação? "Como eu acostumei e achei legal, eu tiraria mesmo assim. Eu tenho uma sensação de bem-estar quando eu faço isso, não sei explicar. É legal, é bacana. E valoriza mais a musculatura da perna que os pelos encobrem. Eu gosto", continuou.

Fábio é casado e, assim como a maioria das mulheres da pesquisa da "Men's Health", a sua também não curte muito quando ele retira os pelos da perna. "Gostar, sinceramente, ela não gosta. Ela fala que fica pinicando, tipo barba quando começa a crescer. Ela não gosta mesmo, diz que é meio chato, mas eu penso em me sentir bem, por mais que seja minha mulher", finalizou.

Você depila as pernas?
Thinkstock/Getty Images
Você depila as pernas?


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.