Tamanho do texto

Lenda das artes marciais protagoniza nova propaganda da Johnnie Walker. Uso de sua imagem rendeu críticas, mas filha do ator defendeu o vídeo

Comercial de marca da uísque traz Bruce Lee como garoto propaganda. Lenda foi recriada em CGI
Reprodução / YouTube
Comercial de marca da uísque traz Bruce Lee como garoto propaganda. Lenda foi recriada em CGI

A tecnologia ressuscitou o rapper Tupac Shakur em um festival de música nos EUA e trouxe a atriz Audrey Hepburn de volta à vida em um comercial de chocolate. Pelas mãos da computação gráfica, é a vez de Bruce Lee, morto em 1973, ser apresentado às novas gerações que não acompanharam sua carreira em vida.

Produzida em parceria da agência BBH com a empresa de efeitos visuais The Mill, a propaganda "Game Changer" foi lançada nesta semana pela marca de uísques Johnnie Walker. Nela, Bruce Lee, criado em CGI (computer-generated imagery) a partir dos movimentos do ator Danny Chan, aparece na sacada de um prédio e fala sobre "ser água":

"Dragões nunca morrem. Porque dragões tiram seu poder da água. Água. É como o instinto. Sem forma, irregular, fluida, você não consegue compreender seu conceito. Mas a deixe fluir e ela tem o poder de mudar o mundo. Eu acredito em instintos. Todos têm esse poder sem limites. Ele diz que você nunca deve seguir as regras, mas fazê-las. Que não é suficiente pensar, é preciso sentir. É isso que me ajudou a mudar tudo. É assim que nascem as lendas. Siga seus instintos. É o caminho mais honesto. Não percorra o caminho atrás apenas do sucesso, mas do grande sucesso. Você tem coragem de seguir seus instintos? Você tem coragem de expressar quem você é? Seja água, meu amigo. Porque um dia você será mais do que bem-sucedido. Você mudará as regras do jogo."

Seja água como água, diz Bruce Lee em comercial
Reprodução / YouTube
Seja água como água, diz Bruce Lee em comercial

Apesar do tom da propaganda soar como uma homenagem à lenda das artes marciais, nem todos aceitaram o novo comercial. Ao jornal South China Morning Post, o cineasta Edwin Lee afirmou que a propaganda mostra um estilo de vida que não condiz com Bruce Lee, que o ator sequer teve a chance de opinar e que se trata da "mais baixa depravação do marketing de massa" nos dias atuais.

Em entrevista ao mesmo jornal, Shannon Lee, filha de Bruce e que trabalhou em conjunto com os produtores, defendeu o vídeo. "O álcool nunca aparece em cena com ele. É como se a Johnnie Walker patrocinasse um curta sobre Bruce Lee. Vimos desta forma. Eu não tenho como financiar um curta com essa tecnologia tão avançada", diz.

Shannon também disse entender as críticas dos fãs, que atentaram ao fato de Bruce Lee não consumir bebidas alcoólicas: "É verdade que meu pai não bebia. Ele não tinha problemas com pessoas que bebiam ocasionalmente. Ele nunca tirava os drinques das mãos das pessoas se elas estivessem se divertindo".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.