Tamanho do texto

Para comemorar a reinauguração de uma loja nos Estados Unidos, Hermès mandou fazer duas bolas de basquete em seu ateliê de Paris. Além de custar cerca de R$ 30 mil, cada uma delas é azul, e não laranja

Bola oficial da NBA, liga onde jogam LeBron James e o brasileiro Tiago Splitter, custa US$ 169,95
Getty Images
Bola oficial da NBA, liga onde jogam LeBron James e o brasileiro Tiago Splitter, custa US$ 169,95

Você jogaria basquete com uma bola que custa US$ 12,9 mil (equivalente a R$ 30,2 mil)? E se soubesse que existem apenas duas dela no mundo? O preço soa absurdo, mas existe. A Hermès, grife francesa de luxo especializada em bolsas, gravatas e lenços, criou duas bolas em comemoração à reinauguração de uma loja em Beverly Hills, próximo de Los Angeles, nos EUA.

Bola de basquete azul da Hermès: US$ 12,9 mil
Reprodução
Bola de basquete azul da Hermès: US$ 12,9 mil

De acordo com informações do site Hollywood Reporter, os dois acessórios esportivos foram produzidos em um ateliê especial que a marca tem em Paris, na França, sob a supervisão do diretor criativo Pierre-Alexis Dumas.

Outro detalhe importante - talvez o maior de todos para praticantes e fãs do esporte - é que a bola é azul, e não laranja, como estamos acostumados a ver.

"Representa o céu, o oceano e todas as belas piscinas que fazem parte do estilo de vida em Los Angeles e no sul da Califórnia", diz Robert Chaves, CEO da grife nos EUA.

Ele ainda defende o preço pela bola e afirma que a qualidade do couro e a forma artesanal como ela é feita justificam os quase US$ 13 mil que a marca pede.

Embora o CEO diga a bola pode ser usada em um jogo, é difícil pensar que alguém faça isso depois de gastar uma quantia suficiente para comprar um carro popular.

Se a bola azul francesa de R$ 30 mil é muito para você, saiba que a bola - laranja, é claro - da Spalding, fornecedora oficial da NBA, sai por muito menos: US$ 169,95 (cerca de R$ 398). É o mesmo modelo que LeBron James, Kobe Bryant e Dwight Howard usam em suas enterradas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.