Tamanho do texto

PBB Entertainment assumirá as publicações a partir de 2016

No último mês de novembro, a Editora Abril anunciou que deixará de publicar "Playboy" a partir de janeiro de 2016 , mas o público masculino não ficará sem a tradicional revista no ano que vem. A própria Playboy Enterprises anunciou nesta segunda-feira a assinatura de um novo acordo de licenciamento com a PBB Entertainment para relançar a publicação no Brasil.

A PBB será a nova editora da revista, cuidando de todas as operações da edição impressa e digital - o relançamento será no início de 2016. "A Playboy tem uma longa história no Brasil e nós estamos animados com o fato de a PBB Entertainment nos ajudar a dar sequência a essa tradição", disse Mike Violano, vice-presidente sênior da Playboy Enterprises.

Divulgação
"Playboy" continuará no Brasil em 2016


"Esperamos estabelecer uma parceria de muito sucesso com a nova editora, já que o
nosso público continua a crescer tanto no impresso quanto no digital", acrescentou Violano.

A Playboy entrou no Brasil em agosto de 1975 através de uma parceria com Roberto Civita, fundador da Abril. Na editora, a revista estabeleceu um padrão no entretenimento masculino com entrevistas e imagens que capturaram uma quantidade grande e fiel de leitores.

Confira capas famosas da "Playboy" dos EUA


"Estamos empolgados pela parceria com uma marca tão icônica, e vamos manter a tradição de excelência da Playboy Brasil" disse André Sanseverino, vice-presidente sênior da PBB Entertainment. "A revista continuará oferecendo ensaios fotográficos de alta qualidade, além do conteúdo relevante e provocativo que os leitores conhecem e amam", completou.

Em seus 62 anos de história, a Playboy tornou-se uma das revistas mensais masculinas mais vendidas do mundo. Além das edições norte-americana e brasileira, existem ainda 22 edições estrangeiras sendo publicadas ao redor do mundo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.