Tamanho do texto

Colocamos as vantagens e desvantagens de ambos na balança pra saber se ficar pra titio é tão ruim assim

Quando o lance é puramente carnal, não dá pra ficar simplesmente deitado ali, ao lado de uma pessoa que você não conhece
We Heart It
Quando o lance é puramente carnal, não dá pra ficar simplesmente deitado ali, ao lado de uma pessoa que você não conhece

Qual é o melhor sexo: aquele que nos dá inúmeras chances de desfrutar do arrepio erótico que sentimos ao dormir com uma mulher diferente? Ou a confortável e garantida transa matinal de domingo com quem se ama?

Para os solteiros, a mágica da coisa está justamente no segundo em que acontece: o momento que você está para beijar ou ir pra cama com aquela mulher que não sai da sua cabeça há meses, semanas ou há alguns minutos. E por que é tão excitante? Bem, porque você nunca mais terá que ver a gatinha novamente -- um dos fatores que tornam o sexo dos solteiros mais picante do que o tradicional arroz com feijão dos casais.

O grande barato de transar quando se está solteiro é o fator novidade. Já a pior desvantagem do sexo no casamento é a carência deste mesmo elemento. Para buscar um pouco de novidade, o homem casado tem que arriscar sua condição e ceder à traição.

Mesmo que hoje em dia o sexo casual seja aceitável, muitos ainda pensam que não deveriam fazer isso, o que o torna infinitamente mais excitante. Sexo sem amor nos deixa mais aventureiros, e se você não está pensando em ver a garota tão cedo, a sensação de distanciamento é maravilhosa. Sinta-se livre para falar sacanagem, bancar o cafajeste ou testar novas posições. O que importa se ela te achar um completo babaca? Au revoir!

Por outro lado, o sexo sem amor é egoísta: cada um está na pista pra favorecer seus próprios interesses. Ás vezes o jogo fica tenso e a transa acaba sendo rápida, desengonçada ou, no pior dos casos, um grande mal entendido (possivelmente porque na maior parte do tempo, ambos estavam frustrados).

Quando o lance é puramente carnal, não dá pra ficar simplesmente deitado ali, ao lado de uma pessoa que você não conhece (e nem pretende): acaba rolando um puta sentimento de vazio. Na verdade, tudo está ligado ao que você está buscando na vida e como se sente em relação a isso.

Se você é jovem e disposto para dar duas sem tirar o sapato, o sexo dos solteiros pode parecer mais atraente. Mas se você não é mais aquele garotão forte e seus últimos relacionamentos foram desastrosos, talvez sinta saudades daquela em que vivia pegando no seu pé.

No entanto, o sexo com a parceira certa proporciona sensações que os solteiros só ouvem falar a respeito. Enquanto você pode ter uma noite incrível com uma desconhecida, transar com a mulher que você ama dá um novo sentido ao termo “orgásmico”. Os orgasmos são (ou pelo menos deveriam ser) frequentes e constantes -- vocês se conhecem tão bem que ambos sabem quais botões devem apertar. Ter uma conexão emocional torna a relação sexual infinitamente mais prazerosa: você a ama, portanto quer deixá-la ainda mais feliz lhe dando prazer.

Mas afinal, qual o pior lado do sexo para os casais? É simples: estar fechado num péssimo ciclo sexual. Quando você é solteiro e tem uma péssima noitada, basta levantar acampamento e buscar melhor sorte em outros lençóis. Uma vez comprometido, você vai ter que aguentar como um homem.

E ainda pode rolar o que todo mundo odeia fazer: trabalhar o relacionamento. Outra dura realidade é que, enquanto você seria capaz de matar para ter uma noite de sexo casual quando era solteiro, hoje percebe que para isso basta apenas virar para o lado -- trair já não é mais tão emocionante.

Felizmente (ainda mais para a reprodução da espécie) os altos superam os baixos. Isso porque os casais experimentam mais o sexo em diferentes estados de humor. Além da trepada de tremer o lustre e quebrar a cama que herdam da época de solteirice, os casais têm mais tempo para curtir uma transa mais íntima de conchinha, ou então aquela tentativa tão ridícula que ambos caem na risada, e por que não aquela em que os dois param no meio do caminho para dizer o quanto se amam?

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.