Tamanho do texto

Dá para optar por um lubrificante, um sexo oral, algo que desvie essa demora, ou até mesmo uma parada providencial

Está tomando algum antidepressivo, tranquilizante ou algo que diminua sua libido? Hummmm, então temos que pensar em alguma alternativa na hora do sexo, porque a mulher não aguenta essa demora para gozar, não! Uma coisa é satisfazer sua parceira, esperar o prazer dela, curtir as preliminares, outra coisa é deixá-la suando, cansada e exausta porque você não consegue gozar.

Fernanda Alves é parceira do Deles
Arquivo pessoal
Fernanda Alves é parceira do Deles


Se você perceber que sua parceira está muito ofegante, com “cara de paisagem”, “seca”, está na hora de optar por um lubrificante, um sexo oral, algo que desvie essa demora, ou até mesmo um “stop”. Qual o problema em parar? Não vejo nenhum problema!

Sugiro também procurar um especialista, alguma alternativa que não deixe qualquer remédio ou preocupação atrapalhar seu desempenho sexual. Às vezes ficamos com a “bichinha” assada, parecendo uma “couve-flor” na espera da “finalização do movimento” e isso não é prazeroso para nós mulheres.


*Fernanda Alves é paulista, formada em Comunicação Social com ênfase em Jornalismo e se especializou em Noticiarista de TV/Locutora/Radialista. Já foi modelo e bailarina nos anos 90, é capa da revista Sexy do mês de outubro de 2015 e tem o canal "Hi Pipous". Semanalmente, toda quinta-feira, ela falará sobre os "momentos mais bizarros" de um relacionamento e que todo casal passa. E, claro, com muitas dicas e sugestões para o público masculino.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.