Tamanho do texto

"Não ter relações sexuais é muito ruim para os homens, porque isso afeta a qualidade do esperma"

Fazer sexo duas vezes no intervalo de uma hora aumenta a fertilidade masculina. É o que concluiu um estudo feito pelo North Middlesex Hospital, em Londres, desmistificando a ideia de que os homens precisam ficar um tempo sem transar para aumentar o número de espermatozóides e melhorar a potência.

De acordo com o relatório, transar com a parceira duas vezes em 60 minutos pode triplicar as chances de o cara se tornar pai, sendo que a segunda tentativa é a mais provável para que isso aconteça.

73 casais que participaram do experimento, todos fazendo tratamento de inseminação intrauterina, modo de fertilidade no qual o esperma é inserido diretamente no útero da mulher. Os homens foram classificados como sub-férteis, com uma capacidade reduzida de engravidar a parceira de forma natural.

Fazer sexo em pouco tempo aumenta a fertilidade dos homens
Thinkstock/Getty Images
Fazer sexo em pouco tempo aumenta a fertilidade dos homens

Entre as mulheres participantes, 15 delas engravidaram na primeira tentativa e 10 na segunda vez que usaram a técnica em seu período fértil, representando uma taxa de 34% de sucesso nos casos aplicados.

Os resultados derrubam o mito de que os homens devem "poupar" seu esperma para ter mais chances de ter um bebê. "As pessoas ainda pensam que, se você quer ter um bebê, você deve poupar esperma. Mas, na verdade, não ter relações sexuais é muito ruim para os homens, porque isso afeta a qualidade do esperma. Quanto mais fresco o esperma, melhor sua condição", disse o médico Jackson Kirkman-Brown ao "Daily Mail".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.