Tamanho do texto

Especialista explica que não conseguir chegar ao orgasmo - ou demorar muito para ejacular - é um problema que tem solução

Para muitos homens, não existe nada mais constrangedor do que não conseguir chegar ao orgasmo. Menos vergonhoso que isso para eles, mas também incômodo, é demorar muito para gozar. A boa notícia é que esse pequeno problema tem, sim, solução e, na maioria das vezes, depende do psicológico.

'Ejaculação retardada' nos homens tem solução
Thinkstock/Getty Images
'Ejaculação retardada' nos homens tem solução


Mas, afinal, por que alguns homens demoram para atingir o orgasmo? Segundo o urologista Vitor Buonfiglio, os motivos podem variar.

"Alguns homens apresentam entidade clínica conhecida como 'ejaculação retardada', que recorrentemente apresenta um tempo prolongado para atingir o orgasmo. Em alguns casos, o homem sequer consegue atingir o orgasmo", explica o especialista.

O também urologista Julio Geminiani ainda comenta que existem dois tipos de causas tratadas nesses casos: disfunção no sistema nervoso e problemas psicológicos.

"O orgasmo depende de fatores anatômicos, como estímulo físico e sensibilidade local, e fatores neuropsicológicos positivos, como excitação, desejo, prazer e fantasia, ou negativos, como ansiedade, depressão, culpa e medo", diz Julio.

"O problema pode ser temporário, por exemplo, após um evento agudo como estresse no trabalho ou época de provas na faculdade, ou persistente. ", continua. Por isso, com diagnóstico correto, existe solução.

+ "Tem poucas coisas tão gostosas quanto chupar muito uma mulher"

Solução

"Avaliação psicológica e terapia devem ser indicados sempre que necessário. Nos casos de problemas neurológicos, o tratamento da doença de base tende a controlar o problema", afirma Julio.

Interferência da parceira

Quando o homem apresenta essa dificuldade com o orgasmo, pensamos no quanto a parceira pode interferir nisso. E, segundo Vitor, a mulher com quem o homem está tendo relações pode fazer o rapaz gozar mais rápido ou mais devagar. Mas, quando o problema é a "ejaculação retardada", a parceira não interfere.

"A questão psicológica tem papel importante, mas não pode ser apenas atribuída as mulheres. Questões familiares, religiosas, entre outras, têm impacto importante nesse campo", completa.

No entanto, Julio explica que a mulher pode, sim, ajudar, e dá dica: "a relação sexual é um ato entre o homem e sua parceira, por isso, as atitudes dela podem interferir nos problemas sexuais do homem. Minha sugestão é que o problema seja encarado como uma doença do casal e, por isso, o tratamento também deva ser feito em conjunto com a parceira.

"É muito importante o envolvimento da parceira e a compreensão do problema é essencial para a melhora", explica. Mas caso ele não tenha uma parceira fixa, a melhor opção é ir ao seu médico de confiança, completa Julio.

+ Tamanho é sim um importante documento e a mulher fala mal quando decepciona

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.