Tamanho do texto

Pesquisa revela perfil da sexualidade de brasileiros e curiosidade dos estados. Você sabe onde se passa mais tempo na cama?

Sexo é um assunto que sempre rende curiosidade. Por exemplo, você sabe em qual estado as pessoas mais usam brinquedos eróticos ? Ou quantas vezes as pessoas costumam se masturbar durante a semana? Por essas e outras questões, a rede social adulta Sexlog realizou uma pesquisa com mais de 10 mil usuários para saber mais sobre a sexualidade dos brasileiros.

Pesquisa revela curiosidades sobre sexualidade dos brasileiros
Pinterest
Pesquisa revela curiosidades sobre sexualidade dos brasileiros


A pesquisa revela que o estado de São Paulo é um dos que mais fazem uso individual de brinquedos eróticos  para estimular a sexualidade e mais da metade dos entrevistados afirma que não praticam sexo anal. "Dos respondentes, 51% do estado de São Paulo não fazem sexo anal, em compensação, 39% têm praticado até seis vezes por semana", fala Mayumi Sato, diretora de marketing da rede social.

Masturbação

Os participantes mostraram que treinam com frequência. Do total, 69% revelaram que se masturbam de uma a sete vezes por semana. O estado em que as pessoas realizam essa prática com mais frequência é o Rio de Janeiro, em que 40% afirmaram manter uma regularidade na masturbação. Já no Maranhão, 33% dos entrevistados confirmaram que não tem o hábito de se masturbar .

Preliminares

E parece que as pessoas estão querendo curtir o momento  ao máximo entre quatro paredes, visto que apenas 2% dos entrevistados não aderem às preliminares . “Essa porcentagem esmagadora talvez tenha sido a mais surpreendente da enquete inteira. A gente vive com pressa e ocupado, e perceber que as pessoas ainda dedicam tempo e esforço para satisfazer ao outro é algo positivo”, explica Mayumi.

A enquete mostra que 56% das pessoas declararam que demoram mais de 30 minutos antes de consumar o ato sexual . O maior destaque foi o Acre, no qual 97% dos moradores do estado confirmam que passam mais de 20 minutos estimulando o parceiro.

Ao todo, 65% garantem que demoram mais que 30 minutos na cama. Porém, no estado do Rio de Janeiro 60% dos entrevistados confirmaram demorar menos tempo, assim como no Distrito Federal, com 68% afirmando o mesmo.

Para ou continua?

Para 81% das pessoas, após uma relação sexual, 30 minutinhos são suficientes para recarregar as energias e começar de novo. Mas 17% precisam de mais tempo, variando de uma a duas horas. E Só 2% disseram que não tem disposição para duas relações em um curto espaço de tempo.

+ Homens desejam fazer sexo mais de oito vezes por semana, diz pesquisa

Vibradores

Se você acha que os vibradores são comuns, está enganado. 55% das pessoas contaram que não fazem uso desse brinquedo sexual. Em contra partida, apenas 29% confessaram que possuem um ou dois vibradores em casa. Outro dado mostrado pela enquete é que o vibrador é mais usado em relações sexuais coletivas, representando 78% dos entrevistados.

O estado de Goiás foi o que se mostrou mais adepto ao uso de acessórios eróticos. Os dados da pesquisa sobre sexualidade indicaram que 50% das pessoas da região possuem mais de três brinquedos para estímulos sexuais.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.