Tamanho do texto

Antes de se aventurar no sexo anal com a parceira, saiba como deixar sua noite mais gostosa com essas dicas

Muitos homens têm curiosidade sobre o sexo anal e o assunto muitas vezes é um tabu, mas por trás de portas fechadas, há muitos de casais estão fazendo. De acordo com um relatório recente do Centro de Controle e Prevenção, 36% das mulheres e 42%  dos homens que tem algum tipo de DTS, já tentaram fazer menos uma vez.

Leia também: Esqueça o "papai e mamãe"! 4 posições para enlouquecer a parceira na cama

Conheça alguns cuidados necessários antes de fazer sexo anal com a parceira
Pinterest
Conheça alguns cuidados necessários antes de fazer sexo anal com a parceira

Mas uma coisa é certa, se você é um mero curioso ou já explorou por essas terras, falar sexo anal é necessário para tornar essa experiência incrível, para ambos. Veja algumas informações antes de apimentar um pouco mais a sua noite:

1. NÃO DEVE machucá-la

A prática anal pode ser como uma sensação estranha no início, mas se feito corretamente, não deve ser doloroso. Nessa relação deve ter a abundância de lubrificante, pois ao contrário da vagina, o ânus não cria a sua própria lubrificação durante a excitação. 

2. Tudo voltará ao normal

Não se preocupe e tranquilize a parceira, o ânus vai esticar para acomodar um pênis ou um brinquedo que entra e, em seguida, vai voltar ao normal.

3. Pode ter orgasmo, sim!

Para algumas mulheres, o ato faz com que elas se sintam incrivelmente sensuais. O ânus tem um sistema nervoso rico, o que pode tornar as coisas muito intensas e, para algumas mulheres, resultar em um orgasmo.

Leia também: Como mudar de posição durante a transa sem esfriar a relação 

4. Comece devagar

Por mais ansioso que você esteja, a prática só deve acontecer quando ela já estiver perto do climax e com o corpo relaxado. Pode também ir experimentando na banheira ou chuveiro, para fazê-la sentir-se "limpa" - mesmo se ela tiver um movimento intestinal recente, você não deve se preocupar se aparecer qualquer matéria fecal.

5. Comunicação é importante

Antes de tirar suas roupas, converse sobre isso com sua parceira. Vocês podem até considerar ter uma palavra de segurança, que ela deve usar caso se sinta desconfortável e queira parar. Esta pode ser uma estratégia inteligente em qualquer situação sexual. Você pode não ser capaz de dizer se os gemidos dela são de prazer ou dor, portanto, ter um código íntimo pode trazer mais confiança durante o ato.

6. Use preservativos

Mesmo se você estiver em um relacionamento monogâmico, os preservativos são uma boa ideia quando se trata de sexo anal. Por quê? Por um lado, reduzem a fricção para proporcionar uma entrada mais suave. Em segundo lugar, uma vez que o tecido anal é frágil e suscetível a lesões microscópicas, tendo o sexo anal sem preservativo pode carregar as bactérias já em seu canal anal para sua corrente sanguínea - e isso não é algo bom!

E lembre-se, usar um preservativo separado para cada ato sexual, ou seja, se você estiver indo de sexo vaginal ao anal, troque a camisinha. Não se esqueça de usar um lubrificante à base de água com um preservativo, os que são à base de óleo podem romper o latex.

Leia também: Sexo ostentação: 7 lugares luxuosos para sentir prazer 

7. Brinquedos

Os brinquedos podem ser uma ótima maneira de explorar o jogo anal. Certifique-se de encontrar um que seja adequado para o sexo anal - ao contrário do canal vaginal, que é fechada, o canal anal é aberto e um brinquedo poderia ficar preso no corpo. Não é algo que ninguém quer explicar a um médico!


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.