Tamanho do texto

O russo Igor Alexeev soube qual era a verdadeira profissão da mulher de forma inusitada; agora, ele tenta na justiça proibi-la de ver a filha de 6 anos

Todo mundo guarda um segredinho, mas alguns podem surpreender. Imagina que você está assistindo ao jornal e começa a passar a notícia de que uma prostituta foi presa em um bordel. Até ai, tudo bem.  Só que ao ver a imagem da mulher apreendida você percebe que ela é a sua esposa. Pode parecer história de novela, mas aconteceu na vida real.

Leia também: Criatividade ou crueldade? Jovem termina namoro através de playlist

Russo Igor Alexeev descobriu que a esposa era uma prostituta após assitir a reportagem de um telejornal
Reprodução
Russo Igor Alexeev descobriu que a esposa era uma prostituta após assitir a reportagem de um telejornal


Quem passou por essa inusitada situação foi o russo Igor Alexeev. Tudo parecia tão surreal que ele não conseguia acreditar no que via quando identificou a parceira, Maria, nas imagens, da televisão.   A mulher estava sendo algemada e vestia apenas meias pretas de renda e um sutiã. Sem dúvidas, foi um grande choque assistir tudo aquilo e descobrir que ela era uma prostituta .

Alto custo

Ao pesquisar o nome da mulher em um site de pesquisa da internet, Igor descobriu que ela oferecia vários serviços sexuais , e para cada tipo cobrava um valor diferente. Para ter uma noite cheia de prazer, por exemplo, era preciso desembolsar o valor de 200 libras (aproximadamente R$ 820).

Leia também: Jovem  apela para anúncio divertido para vender anel de US$ 6.000 após fora

Na internet, era possível encontrar os serviços e os preços dos serviços que Maria oferecia
Reprodução
Na internet, era possível encontrar os serviços e os preços dos serviços que Maria oferecia


Indo para a justiça

O casal estava junto há oito anos e nesse tempo tiveram uma filha que atualmente tem seis anos de idade. Depois do ocorrido, eles se separaram, e o russo conseguiu a custódia legal da criança, mas não se contentou. Entrou com uma ação no Tribunal de Justiça da região para impedir Maria de ver a criança.

Ele argumenta que a menina precisa ser privada de crescer com a vergonha e o constrangimento de saber que é filha de uma mulher que vende o próprio corpo. Fora que Igor acredita que a filha pode ser julgada pelas pessoas se for vista com a mãe, que ficou conhecida por aparecer nos telejornais .

Leia também: Houve traição? Personal flerta com mulher na ioga e namorado assiste escondido

De acordo com o portal britânico “Mirror”, Maria argumenta que o marido não tem o direito de criticá-la porque sozinho ele não seria capaz de fornecer dinheiro suficiente para a família viver bem.

Acusações criminais

A polícia não deu detalhes da prisão de Maria, mas os oficiais disseram que a prostituta enfrenta acusações criminais e, por isso, foi detida quando invadiram o bordel  em que ela trabalhava.

    Leia tudo sobre: amor
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.