Tamanho do texto

Atividades físicas simples podem ajudar a ter mais resistência no sexo, a combater a disfunção erétil e podem aumentar os níveis de testosterona

Que tal dar um impulso na vida sexual? É amigos, isso é possível e é bem mais simples do que você imagina. Alguns exercícios físicos são capazes de aumentar a energia, tonificar os músculos, queimar gordura, melhorar o humor e ainda potencializar o desempenho na cama.

Leia também: Exercícios físicos podem aumentar contagem e qualidade do espermatozóide

Exercícios físicos podem melhorar desempenho sexual
shutterstock
Exercícios físicos podem melhorar desempenho sexual


Pesquisas indicam que queimar apenas 200 calorias por dia já pode reduzir o risco de disfunção erétil. Além de treinar a parte cardiovascular e de força, os exercícios físicos também “desenferrujam” a musculatura e permitem experimentar novas posições sexuais.

Mesmo que você tenha uma ótima vida sexual, tente incorporar estes 10 exercícios na rotina e colha os benefícios quando estiver entre quatro paredes. As informações são do portal canadense “Live Strong”.

1. Assoalho pélvico

Sim, você leu direito. Trabalhar o assoalho pélvico também é um exercício que traz benefícios para os homens, já que melhora a resistência e o controle ao tonificar e fortalecer os músculos que impedem o fluxo de unira e os músculos perineais que suportam a rigidez erétil e proporcionam melhora na ejaculação.

“O treinamento muscular do assoalho pélvico pode ser útil em muitas situações: bexiga hiperativa, disfunção erétil e ejaculação precoce”, afirma Andrew L. Siegel, co-criador do programa de treinamento desses músculos para homens.

Para fazer esse exercícios é preciso interromper o fluxo de urina
shutterstock
Para fazer esse exercícios é preciso interromper o fluxo de urina


Como fazer: Comece interrompendo o fluxo de urina ao entrar no banheiro para se familiarizar com os músculos pélvicos. Uma vez que você está familiarizado com eles, o objetivo será aumentar progressivamente a duração, a intensidade e o número de repetições do aperto até que você se canse. Quando você fizer, não prenda a respiração, empurre para baixo ou aperte o estômago, as nádegas ou os músculos da coxa. Trabalhe até cinco segundos apertando, relaxando entre cada contração. Faça de 10 a 20 repetições.

2. Prancha

Segurar o corpo nessa posição é uma das formas mais eficazes para aumentar a resistência na academia e na cama. Ela fortalece a musculatura, ajuda a melhorar o impulso e para ser segura, deve ser feita mantendo sempre as costas retas. 

Pose plank é um exercício que aumenta a resistência
shutterstock
Pose plank é um exercício que aumenta a resistência


Como fazer: Apoie as mãos no chão, afastadas a altura dos ombros, deixe o braço esticado e firme no nível da pelve. Pense que seu corpo é uma prancha sólida. Enquanto isso, encaixe o abdômen, aperte a parte interna das coxas e o quadril e pressione os calcanhares para que as pontas dos pés fiquem bem flexionados. Aguarde pelo menos 20 segundos, faça de uma a 10 repetições por dia.

Você pode modificar a pose e fazer de joelhos. Mantendo os braços totalmente estendidos com a palma da mão encostada no chão. Para um desafio adicional, coloque um pé em cima do outro e segure por 10 segundos e, em seguida, mude as pernas sem comprometer, a forma do resto do corpo.

3. Estabilidade na bola

Essa é uma variação do abdominal padrão, requer equilíbrio e estabilidade. Melhora a capacidade de empurrar e fortalece as costas, que muitas vezes pode ser lesionada durante o sexo. O exercício ajuda na capacidade de se equilibrar em uma variedade de posições sexuais.

É preciso cuidado na hora de executar esse exercício
shutterstock
É preciso cuidado na hora de executar esse exercício


Como fazer: Coloque a parte inferior das costas em uma grande bola de ginástica, os pés devem ficar firmes no chão com abertura na direção do quadril ou do ombro. Ponha a ponta dos dedos atrás da nuca e, enquanto levanta o peito, levante a parte superior do corpo até os músculos abdominais se apertarem. Tome muito cuidado ao fazer esse exercício para não forçar o pescoço. É preciso concentrar as forças no abdômen. Faça três séries de 30 movimentos cada.

4. Levantamento de pernas

O exercício é um ótimo treino, pois ajuda a melhorar o empuxo e fortalece quadril e glúteos, ajudando você a durar mais tempo nas posições verticais.

Para dificultar, você pode fazer o exercício usando uma barra como apoio
shutterstock
Para dificultar, você pode fazer o exercício usando uma barra como apoio


Como fazer: Deite-se de costas com as pernas esticadas. Com precisão e controle, eleve as pernas em direção ao teto e pare quando as pernas estiverem perpendiculares ao corpo. Em seguida, abaixe e lentamente as pernas até que elas estejam a cerca de uma polegada do chão. Se estiver muito fácil, tente ir mais devagar para forçar mais. Não retire a lombar o chão. Comece com três séries de cinco repetições lentas e aumente as repetições.  

Leia também: Hipertrofia: veja dicas de exercícios e dieta para ganhar massa e "crescer"

5. Flexões

As flexões fortalecem a parte superior do corpo, proporcionando maior resistência e permitindo que você tenha um desempenho melhor nas posições que fica por cima. Se você se comprometer a fazer regularmente, notará uma diferença na capacidade de manter a força do corpo na hora do sexo.

As flexões ajudam a melhorar o desempenho nas posições que o homem fica por cima
shutterstock
As flexões ajudam a melhorar o desempenho nas posições que o homem fica por cima


Como fazer: Comece na posição de prancha com as mãos a altura dos ombros e pés na distância do quadril. Não deixe que a pélvis caia ou levante demais. Abaixe o peito até o chão, pressione e levante novamente. Faça o maior número vezes possível, pelo menos duas vezes por semana.

Para modificar, encoste os joelhos no chão, mantendo uma posição de prancha sólida do pescoço até os joelhos. Para maior intensidade, junte os pés e as mãos ligeiramente. Tente adicionar um aplauso entre flexões ou fazer flexões com apenas o apoio de um braço (o outro deve ficar apoiado nas costas).

6. Peitoral na bola de ginástica

O exercício fortalece antebraços, bíceps, tríceps, abdômen e outras partes do corpo, especialmente quando feito em uma bola de ginástica. Além disso, aumenta a massa muscular, diminui a gordura e fortalece o corpo para um melhor desempenho no quarto.

Se não tiver uma bola, pode usar um banco como apoio para o exercício de peitoral
Shuttersock
Se não tiver uma bola, pode usar um banco como apoio para o exercício de peitoral

Como fazer: Coloque a parte inferior das costas em uma grande bola de ginástica, mantendo os pés devem ficar firmes no chão na distância do quadril ou ombro. Estando nessa posição, empurre um par de alteres de cima para baixo diretamente sobre o peito. Faça três séries de 25 repetições.

7. Agachamentos

Os agachamentos são conhecidos por aumentar os níveis de testosterona e aumentar o fluxo sanguíneo para a região pélvica (tornando os orgasmos mais intensos), ou seja, é um exercício incrível para apimentar a relação. Também fortalece a parte inferior do corpo, o que ajuda a deixar a penetração mais poderosa.

Para intensificar o exercício segure um haltere em cada mão
shutterstock
Para intensificar o exercício segure um haltere em cada mão


Como fazer: Com um haltere em cada mão, estique os braços na altura dos ombros. Dobre os joelhos e agache o mais baixo possível, mantendo as costas retas. Deixe as canelas o mais vertical possível. Faça pelo menos 15 repetições.

8. Afundo

É um exercício ótimo para força, resistência, mobilidade, equilíbrio e estabilidade. Fora que aumenta o fluxo sanguíneo na região pélvica. Vai te ajudar a ter uma dose extra de equilíbrio e mobilidade do quadril.

Varie a dificuldade do exercício alterando os pesos, que podem ser halteres nas mãos ou uma barra, como na imagem
shutterstock
Varie a dificuldade do exercício alterando os pesos, que podem ser halteres nas mãos ou uma barra, como na imagem

Como fazer: Fique em pé, em posição reta, segurando um par de halteres. Dê um passo para frente, dobre ambos os joelhos em 90 graus, parando quando o joelho traseiro estiver a centímetros do chão. O outro joelho (o que não está quase encostado não chão) não deve estar a frente dos dedos dos pés. Suba e agache sem tocar o joelho traseiro no chão. Faça 15 repetições e troque a perna.

9. Treinamento com intervalos

Fazer treinamento em intervalos aumentará a resistência. Você pode fazer vários tipos de intervalos em qualquer lugar – correr em uma pista ou em um parque ou fazer bicicleta, elíptica ou esteira, também vale subir e descer escadas.

via GIPHY


Como fazer: Após realizar um aquecimento, comece a fazer o exercício a toda velocidade, faça o mais rápido possível por pelo menos 30 segundos. Pare um minuto ou dois e depois repita o movimento na velocidade máxima. Adicione esses intervalos ao treino algumas vezes por semana e logo você estará com mais condicionamento.

10. Alongamento da lombar

Essa é uma postura de ioga que estica a parte central do corpo, aumenta a energia e o fluxo sanguíneo da região pélvica. O exercício protege a parte inferior das costas, fortalecendo-a para qualquer levantamento que você faz na academia ou no quarto.

Essa é um postura de ioga que trará benefícios para a vida sexual
shutterstock
Essa é um postura de ioga que trará benefícios para a vida sexual


Como fazer: Mantenha as pernas esticadas e as partes superiores dos pés no chão. Com as mãos também apoiadas no chão, levante o torso. Role os ombros para trás e para baixo, de forma que os ombros não encostem no pescoço. Inspire regularmente por 15 segundos ou mais. 

Leia também: Como definir o abdômen: veja dicas e 5 sugestões de exercícios

Seguindo esses exercícios físicos, além melhorar a qualidade de vida e o corpo, você passará a ter um desempenho ainda melhor na hora do sexo. Que tal experimentar?

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.