Tamanho do texto

Muitos homens afirmam que "brocham" quando colocam a camisinha ou que o seu uso aperta o pênis; saiba o que isso significa e como reverter a situação

Mesmo sabendo que o preservativo é fundamental para evitar doenças sexualmente transmissíveis (DST) e também uma gravidez indesejada, diversos homens ainda resistem em usar essa proteção. Muitos até mesmo chegam a relatar que perdem a ereção quando colocam a camisinha . Isso realmente pode acontecer, mas será que isso é algo físico ou psicológico? É possível reverter essa situação? 

Leia também: Camisinhas de caipirinha e lubrificantes de catuaba: sexo seguro mais divertido

O preservativo é fundamental para ter uma relação segura, mas muitos homens dizem que perder a ereção com ele
shutterstock
O preservativo é fundamental para ter uma relação segura, mas muitos homens dizem que perder a ereção com ele


Primeiro, é preciso ter claro que o preservativo não é responsável pela perda de ereção, normalmente essa questão está atrelada a fatores psicológicos. “É preciso buscar a fonte do problema. Para os homens mais novos, o ponto pode ser a inabilidade em colocar a camisinha, ansiedade e o medo de não encaixar corretamente ou ainda de sair ou furar durante a relação”, explica o porta-voz da Prudence, Francisco Angelo.

Já para os homens mais velhos, o especialista acrescenta que a perda de ereção pode estar relacionada a algum problema físico ou à falta de sensibilidade causada pelo avançar da idade ou por doenças como a diabetes. O urologista Nardy Zillo, da instituição BP - A Beneficência Portuguesa de São Paulo, concorda com o porta-voz e acrescenta que isso também acontece porque, ao colocar a camisinha, o homem perde o foco.

“O ideal é tornar o momento de colocar a camisinha parte do ato sexual, assim não quebra o clima. Transforme isso em uma preliminar, assim não será necessário interromper o momento para colocar a proteção. Fora que essa pausa pode gerar ansiedade, que faz a adrenalina diminuir e pode levar o homem a perder a ereção”, relata o médico.

Preservativo prejudica na circulação sanguínea?

via GIPHY

Há quem acredite que a camisinha prejudica a circulação de sangue no pênis e isso pode influenciar na ereção. Isso é mito! Se estiver sentindo algum desconforto ou se você tiver a sensação de que está apertado, basta optar por camisinhas de tamanhos e diâmetros especiais que, segundo Angelo, são facilmente encontradas no mercado. Dessa forma, você se sentirá mais conforto durante sexo. 

Leia também: Nova camisinha? Especialistas alertam contra "adesivo" para pênis

Por outro lado, o urologista lembra que os anéis penianos são uma prova de que “apertar” o membro não influencia na falta ereção. Pelo contrário, o homem coloca esse acessório erótico na base do pênis justamente para ajudar a manter a ereção e, alguns modelos, ainda colaboram para estimular o clitóris da parceria.  

Como reverter a situação?

O sexo precisa ser prazeroso e seguro, então a dica é compartilhar esse momento com a parceira para encontrarem uma solução. Existem diferentes linhas de camisinhas e produtos que servem para instigar e brincar com a imaginação do casal. Géis lubrificantes para as preliminares, camisinhas com aroma, sabor e textura e diversos sex toys eróticos podem tornar o uso da camisinha um mero detalhe.

“O sexo deve deixar as pessoas envolvidas abertas a descobrirem o melhor caminho para aquela relação, seja ela momentânea ou frequente. Falar sobre isso também é bastante relevante. Descobrir juntos esses caminhos é fundamental”, expõe o porta-voz da Prudence.

Treine na masturbação

via GIPHY

Para tornar o uso da camisinha mais natural, é importante treinar para se familiarizar com ela. “Começar na masturbação é comum e indicado, até que isso ganhe a naturalidade que deve ter. Também descubra possibilidades, é importante entender que a camisinha não é a vilã nem a inimiga do sexo”, aponta o porta-voz.

Leia também: Rasgou, furou ou ficou pequena? Veja os cuidados necessários com as camisinhas

Experimente as camisinhas com sabor, com aroma, com texturas, menos ou mais lubrificadas, com gel ou óleos, as ultrassensíveis, e descura o que te dá mais prazer. “O importante é saber que o preservativo é o único meio de proteção contra Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs),e que ele pode sim deixar o sexo mais divertido e prazeroso”, conclui Angelo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.