Tamanho do texto

Se você acha que calcinhas do tipo fio dental e sutiãs que aumentam os seios são sempre as melhores escolhas, ainda tem muito o que aprender antes de sair à procura da lingerie perfeita para presentear uma mulher

Com o Dia dos Namorados batendo à porta, esse é o momento em que muita gente está quebrando a cabeça atrás de um presente que surpreenda a pessoa amada. Porém, seja por falta de tempo ou por já ter esgotado a criatividade em anos anteriores, às vezes é difícil fugir dos clássicos, como jantares românticos, chocolates, flores, pelúcias simpáticas ou conjuntos de lingerie.  

Leia também: Quantas calças legging existem? Homem conta drama ao encarar tarefa

Lingerie é um presente clássico para o Dia dos Namorados, mas é preciso fugir do senso comum na hora de escolher
Shutterstock
Lingerie é um presente clássico para o Dia dos Namorados, mas é preciso fugir do senso comum na hora de escolher

É claro que a criatividade é importante na hora de dar um presente, mas, desde que ele seja escolhido com carinho, não há nada de errado em apostar no básico – principalmente se for algo que as mulheres costumam curtir tanto, como uma bela lingerie . Nessa hora, porém, alguns homens caem no senso comum de achar que a opção com menos pano é sempre a mais sensual e de que todas as mulheres amam bojo, renda e calcinhas finíssimas.

De acordo com Andrea Morales, diretora de produto da Loungerie, se você está pensando em presentear a namorada, esposa ou até aquela ficante com quem “não tem nada sério” com um belo conjunto de calcinha e sutiã , não basta simplesmente optar pelas peças que você deseja vê-la vestir. Aqui, a ideia é fazê-la se sentir poderosa e sensual – e o que é sexy para o homem nem sempre é tão apreciado pelas mulheres.

Regra nº 1: Tamanho

Dar uma olhada nas peças que ela já tem e até levar uma até a loja são boas dicas para não errar o tamanho
shutterstock
Dar uma olhada nas peças que ela já tem e até levar uma até a loja são boas dicas para não errar o tamanho

A lingerie pode até ser de um modelo que valoriza o corpo da mulher e ter a cor preferida dela, mas o presente definitivamente será uma decepção e tanto se as peças não servirem. As dúvidas a respeito do tamanho levam muita gente a descartar roupa como opção de presente, mas descobrir qual é a modelagem adequada para a amada não é tão difícil quanto parece.

Se você sabe que tem uma boa noção de tamanho, pode até tentar escolher “a olho”, mas fazer uma investigação prévia não dói nada e ainda contribui para o sucesso do presente. Além de prestar atenção no que ela costuma usar, uma dica é aproveitar um momento em que se está sozinho no quarto da moça para espiar discretamente a gaveta de lingerie dela.

Outra opção é recorrer a mulheres que tenham o corpo parecido com o dela e perguntar qual tamanho elas costumam usar. Para que a situação não fique constrangedora, busque pessoas da sua família, da família dela ou dos círculos sociais de vocês, sem deixar de explicar o plano a elas (e pedir segredo, é claro).

Leia também: Veja dicas de como acertar no presente e surpreender no Dia dos Namorados

Se houver intimidade com alguém da família dela, você pode até pedir que alguém pegue uma calcinha e um sutiã da moça para levar à loja na hora da compra e se certificar de que realmente não haverá surpresas. Essa é uma boa ideia principalmente para quem não tem a menor noção do quão detalhadas são as especificações de um sutiã (acredite, elas podem ser uma verdadeira confusão).

Se nenhum desses planos forem viáveis, Andrea afirma que não há problema algum em trazer à tona um assunto que dê margem a uma pergunta direta sobre qual tamanho de roupas ela usa. “Isso evita o constrangimento de [a peça] não servir, especialmente se o presente for dado para se usar quando for recebido”, explica ela.

Regra nº 2: Cor

O gosto e a personalidade da moça são fatores que devem ser levados em consideração na hora de escolher a cor da lingerie, mas para não errar, uma boa dica é sempre apostar no mais clássico, como branco, preto e rosa
Shutterstock
O gosto e a personalidade da moça são fatores que devem ser levados em consideração na hora de escolher a cor da lingerie, mas para não errar, uma boa dica é sempre apostar no mais clássico, como branco, preto e rosa

Quando a ideia é presentear a mulher com algo sensual, é comum pensar no vermelho – constantemente associado ao sexy – ou no branco “virginal” e inocente. Ainda que lingeries desses tons sejam realmente bonitas, é bom levar alguns aspectos em consideração antes de ceder a esse senso comum.

Se você for observador e prestar alguma atenção nas peças que ela costuma usar ou até na decoração do quarto dela, provavelmente não vai ter problemas em escolher uma lingerie de uma cor que a agrade. No entanto, se você nunca tiver parado para reparar, há algumas formas de descobrir ou fazer uma boa escolha mesmo "às cegas".

Aqui, sondar pessoas que a conhecem bem e investigar o guarda-roupas dela quando houver a oportunidade também são possibilidades interessantes, mas, se isso não for possível, o segredo é fugir de cores malucas e tons muito “diferentões”, apostando no básico (e não, não importa o quanto você tenha gostado daquela calcinha amarelo-canário).  

Para Andrea, se bater a dúvida, é interessante focar entre três tons: branco preto e rosa. Se você não souber quais cores ela curte e ainda assim quiser ir além do clássico, leve em consideração a personalidade dela. A moça é um furacão e gosta de ousar? Vermelho e vinho são boas opções. Ela faz o tipo tímida e “princesa”? Então tons claros e que remetam à calma, como azul, lilás, creme e rosa-claro podem ser interessantes. Para as mais divertidas, até uma estampa discreta cai bem.

Regra nº 3: Conforto

Sutiãs e calcinhas com renda, transparência e tiras fininhas são, sim, amadas por muitas mulheres, mas nem todas elas se sentem confortáveis com esse tipo de lingerie (e elas não são, nem de longe, as únicas opções sensuais!)
Shutterstock
Sutiãs e calcinhas com renda, transparência e tiras fininhas são, sim, amadas por muitas mulheres, mas nem todas elas se sentem confortáveis com esse tipo de lingerie (e elas não são, nem de longe, as únicas opções sensuais!)

Antes de mergulhar nas lojas, faça um exercício: pense em tudo o que a pornografia e as revistas sensuais te ensinaram sobre lingerie ou sensualidade e certifique-se de não usar isso como um guia. Há, sim, mulheres que gostam de renda, transparência, fio dental e sutiãs que trazem os seios até o queixo, mas esses modelos não são confortáveis para todos os tipos de corpo e personalidade. Ao escolher algo finíssimo, há chances de, em vez de a mulher ficar contente, fique desconfortável e se sinta “forçada” a usar peças nas quais não se sente bem apenas para te agradar.

Além de buscar peças bonitas, Andrea indica pedir aquela ajuda para as funcionárias da loja em que você estiver comprando e buscar calcinhas e sutiãs confortáveis. “Procure peças lindas, porém com uma renda de toque macio e acabamentos confortáveis. Para facilitar, peça para a vendedora uma lingerie bacana com elásticos macios e que não marquem o corpo”, aconselha Andrea.

Além de fugir de costuras muito duras e ásperas - que, além de desconfortáveis, podem causar irritações na pele -, fuja dos sutiãs que são muito estruturados com arame e alças exageradamente finas (especialmente se ela tiver os seios muito grandes, já que eles pesam e esse tipo de alça pode machucar os ombros).

Para não errar, busque peças macias e sem costuras ásperas. Ah, e se você nunca a viu de fio dental, passe longe deles!
shutterstock
Para não errar, busque peças macias e sem costuras ásperas. Ah, e se você nunca a viu de fio dental, passe longe deles!

Outra dica é abrir a cabeça. Você pode até estar convicto de que peças rebuscadas e finas são as opções mais sensuais, mas o mundo das lingeries é muito vasto. Às vezes, peças mais românticas, como um caleçon (aquelas calcinhas que lembram um micro short) de renda, uma calcinha do tipo "hot pant" (as de cintura alta, acima do umbigo) ou um top sem bojo podem ser algo tão sexy quanto uma tanga ou um “body” com transparência, cinta-liga e tudo mais.

Leia também: Veja dicas de como fazer a mulher chegar ao orgasmo mais facilmente

Quando o assunto é conforto, prestar atenção nas peças que ela já tem também se faz necessário. Se você nunca viu a moça usar uma calcinha do tipo fio dental, ela provavelmente não vai gostar de ser presenteada com uma lingerie dessas. Ela pode até curtir o visual da peça, mas, se estiver desconfortável nela, não vai se sentir confiante nem poderosa. “Basicamente, o homem deve escolher o que ele acha que combina com a parceira, o que ele a vê vestindo e que a deixe confortável com ela mesma”, conclui Andrea.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.