Tamanho do texto

A pesquisa aponta que o alimento ajudou a aumentar a quantidade média de espermatozoides, a quantidade de esperma vivo e também a sua motilidade

As nozes já foram apontadas como um ótimo alimento para o coração, mas cientistas descobriram outro benefício: elas podem deixar o esperma saudável . De acordo com um novo teste clínico, os indivíduos que ingeriram 60 gramas de nozes todos os dias durante 14 semanas tiveram um aumento na contagem de espermatozoides no sêmen.

Pesquisa indica que incluir nozes na dieta pode deixar o esperma saudável, ajudando a aumentar o volume e qualidade
shutterstock
Pesquisa indica que incluir nozes na dieta pode deixar o esperma saudável, ajudando a aumentar o volume e qualidade


Os pesquisadores responsáveis pelo estudo (da Universidade Rovira i Virgili, na Espanha) também descobriram que, além de ter mais espermatozoides, os homens que incluíram nozes na dieta também apresentaram um esperma saudável . Segundo informações do veículo britânico “The Guardian”, a equipe por trás da pesquisa apresentou essas descobertas na reunião anual da Sociedade Europeia de Reprodução Humana e Embriologia.

Para a pesquisa, 119 homens saudáveis, ​dos 18 aos 35 anos, foram separados aleatoriamente em dois grupos. O primeiro grupo continuou seguindo os hábitos alimentares normalmente, enquanto o segundo grupo incorporou 60 gramas diárias de amêndoas, avelãs e nozes na dieta por 14 semanas. Depois desse período, os pesquisadores analisaram amostras de esperma e sangue dos participantes para determinar se a mudança na alimentação teve algum impacto na saúde do esperma.

Esperma saudável, em maior quantidade e mais "ágil"

Nas análises, foi descoberto que os homens que consumiram as nozes tiveram um aumento de cerca de 16% na contagem de espermatozoides, mas essa não foi a única melhoria encontrada na substância. O número de espermatozoides  vivos e saudáveis ​​encontrados nas amostras aumentou em 4%, enquanto a motilidade espermática (que determina os melhores "nadadores") aumentou em 6%. O último dado é positivo pois indica que essa mudança na alimentação aumenta as chances dos espermatozoides chegarem até o óvulo e fertilizá-lo.

Também foi observada uma ligeira melhora quanto ao formato dos espermatozoides nas amostras coletadas pelo estudo. De acordo com a análise, 1% deles passou a apresentar uma forma mais próxima do padrão "ideal" entre essas células, ou seja, com cabeças ovais e caudas longas. Segundo os pesquisadores, esse é um fator determinante para o quão fértil o homem é.

Embora o principal autor do estudo, Albert Salas-Huetos, acredite que os resultados sejam significativos, ele adverte que mais pesquisas precisam ser feitas antes que as nozes passem a ser usadas para tratar problemas de infertilidade . Isso porque, como a amostra é pequena e só inclui homens ocidentais, ela não representa todos os indivíduos do sexo masculino.

No entanto, Salas-Huetos acredita que essas  evidências do estudo indicam que bons hábitos alimentares ​​podem, sim, deixar o esperma saudável . "Mais evidências estão se acumulando sobre como seguir um padrão alimentar saudável pode ajudar na fertilidade e, claro, as nozes são uma componente chave de uma dieta mediterrânea saudável", afirma em um comunicado oficial.

    Leia tudo sobre: dieta
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.