Tamanho do texto

De acordo com especialista em sexualidade, isso é comum e acontece porque a posição proporciona uma penetração mais profunda. Ela explica, porém, que mudar um pouco a postura pode ajudar a torná-la agradável e prazerosa

Quando o assunto é posição sexual , não há regra. As preferências costumam variar de pessoa para pessoa, nem as mais populares são adoradas por todos e  o questionamento recente de um leitor do Deles é justamente sobre isso. Por e-mail, ele escreve: “Minha parceira tem grande dificuldade de ter relações na posição de quatro, ela fala que dói muito. Até hoje não sei se o problema é com ela ou comigo. Tem alguma orientação a respeito, isso é comum com as mulheres?”.

A posição de quatro é realmente prazerosa para muitos, mas há quem sinta dor e desconforto com ela
Shutterstock
A posição de quatro é realmente prazerosa para muitos, mas há quem sinta dor e desconforto com ela


De acordo com Cátia Damasceno, especialista em sexualidade e criadora do projeto "Mulheres Bem Resolvidas", isso é, sim, bastante comum. Conforme explica ela, muitas mulheres sentem dor porque essa posição costuma ser muito excitante para o homem, o que pode fazer com que ele se empolgue e use mais força do que deveria. Outra possível causa da dor na posição de quatro , é que ela possibilita uma penetração mais profunda.

Aperfeiçoar a posição de quatro ou experimentar outra opção é o caminho

De acordo com Cátia, tudo tem a ver com o ângulo da penetração. “Quanto mais a mulher coloca a coluna para baixo, com a cabeça mais próxima ao colchão, mais empinada ela fica e mais funda será a penetração. Por isso, se ela está sentindo dor, experimente sugerir para a parceira que ela fique menos empinada, para que a penetração não seja tão profunda”, aconselha a especialista.

Se a mulher continuar sentindo dor mesmo seguindo essa dica, Cátia indica trocar a posição sexual. “Testem outras que deem a mesma sensação de prazer, afinal o sexo é para satisfazer a ambos e, se a parceira não está se sentindo bem, não é bacana”, enfatiza.

Uma sugestão de Cátia para  aperfeiçoar essa posição ou fazer algo semelhante é a mulher se deitar na cama de barriga para baixo e com um travesseiro na região da pelve, fazendo com que o bumbum fique levemente empinado. “Desse modo, ocorrerá a penetração por trás, porém sem grande profundidade, e provavelmente não irá causar dor”, diz.

Tamanho do pênis pode influenciar

O que também pode causar dor ou desconforto na hora da penetração é o tamanho do pênis. A especialista explica que, se o homem tiver o pênis pequeno , é indicado que a mulher fique mais empinada para a penetração ser mais profunda (caso isso seja o que ambos desejam). Enquanto isso, a posição pode ser tornar mais desconfortável para a mulher se o parceiro tiver um pênis grande, já que, nesse caso, uma penetração muito profunda pode machucar.

“O bacana das posições é que sempre existem alguns truques – uma perna levantada, uma coluna mais abaixada –, são pequenas coisas que ajudam a tirar vantagem, tornando o momento prazeroso para qualquer pessoa evitando as indesejadas dores”, conclui Cátia.

Tem dúvidas sobre a posição de quatro ou outras opções? Entre em contato conosco pelo sexo@igcorp.com.br  e nós traremos um especialista para respondê-la com sigilo total!

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.