O idoso, que esbanja alegria e energia, conta como surgiu o interesse pelo esqui e o que faz diariamente para se manter sempre jovem e disposto

Como você gostaria de chegar à velhice? Uma boa ideia é ter uma vida longa e saudável como a de George Jedenoff, que comemorou os 100 anos de forma bem radical: esquiando na neve. “Não consegui encontrar um presente melhor para me dar no meu aniversário”, afirma o idoso que desbrava montanhas há mais de 57 anos.

Leia também: Comidas saudáveis: eles buscam qualidade de vida e contam como mudaram a dieta

George Jedenoff comemorou a vida longa, saudável e feliz fazendo algo que ama: esquiar
Reprodução/Facebook
George Jedenoff comemorou a vida longa, saudável e feliz fazendo algo que ama: esquiar


No dia do aniversário, diversos fãs se reuniram para celebrar a vida longa do idoso nas encostas da estância de esqui Snowbird, em Utah, nos Estados Unidos. Toda essa popularidade não é para menos. O centenário tem um espírito totalmente jovem e não gosta de ser chamado de Sr. Jedenoff, mas apenas de George.    

Nascido na Rússia em 05 de julho de 1917, o idoso chegou aos Estados Unidos em 1923, quando a família decidiu fugiu da Revolução Russa. Ele se formou na Universidade de Stanford e lá conheceu a esposa. Aprendeu a esquiar em 1960, quando se mudou para Utah depois de uma mudança no emprego. “Comecei aos 43 anos e foi uma das decisões mais inteligentes que já fiz”, fala ao portal do programa de TV americano “Today”.

Bom, você deve estar se perguntando de onde o centenário tira tanta energia. A resposta pode estar nestas quatro regrinhas para ter uma vida boa, longa e saudável:

1. Amor

George e a mulher estão casados há 74 anos. “Ela é a melhor coisa que já aconteceu comigo em toda a minha vida”, afirma o centenário. Atualmente, ela sofre com a doença de Alzheimer e vive em uma casa de repouso. O marido vai todos os dias ao local na hora do almoço e do jantar para ajudar alimentar a amada.

“Eu me sinto tão afortunado que ainda a tenho que não vejo isso como uma tarefa árdua. É uma bênção ser capaz de pagá-la por todas as coisas maravilhosas que ela me ajudou em toda a minha vida”, fala o idoso, referindo-se ao cuidado que tem com a esposa.

2. Exercício

Nos últimos 30 anos, uma das prioridades do centenário é exercitar-se todas as manhãs. “Meu segredo, se você quiser chamar dessa forma, é tornar a atividade física parte da vida diária. Não pode ser algo que se faz só às vezes”, aconselha George.

Leia também: Estudo aponta que sexo é bom para o coração dos homens

Todos os dias ele se levanta, escova os dentes, se arrumar e vai fazer os exercícios. Só depois toma o café da manhã. Porém, não é unanimidade entre os especialistas que essa técnica de fazer atividade física de barriga vazia seja a mais indicada. O idoso treina pernas, braços, abdômen e costas, dedicando cerca de 45 minutos do dia a isso.

3. Viver com moderação

O estilo de vida que você leva pode ajudar a te manter jovem quando estiver no auge da terceira idade. George ressalta que cuida da alimentação, evita alimentos gordurosos e não consome mais bebidas alcóolicas. O centenário adora sobremesas e até come doces, mas também monitora esse hábito.

4. Recordando as prioridades da vida

Outra dica do idoso é sempre manter o equilíbrio e incluir na vida um significado e atividades prazerosas. “As pessoas perguntam: ‘Como você gosta de esquiar?’ e eu digo: ‘Adoro esquiar, é como sobremesa”, garante.

Leia também: Homem come apenas sorvete por 100 dias, emagrece 15 kg, mas encara consequências

“A vida é curta, mesmo que você atinja os 100 anos. Você precisa gastar o tempo fazendo coisas construtivas. Tente utilizar sua vida para algo importante. Tente fazer algo de bom para outra pessoa – essa é uma terapia maravilhosa”, afirma o centenário. “Não tenha uma vida longa para si mesmo, viva pelo fato de que você é afortunado por estar nesta Terra e fazer uso dos recursos que o próprio Deus lhe deu”, finaliza.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.