Tamanho do texto

Saiba os diferentes métodos para eliminar, aparar ou dar desenho aos pelos do rosto

Há muitas gerações, o ato de se barbear é um dos mais comuns entre os homens. Mas os métodos para isso evoluíram bastante, inclusive os instrumentos usados, como é o caso dos barbeadores eletricos. Mas qual é o melhor para seu caso?

via GIPHY

Existem diferentes estilos de barba , desde mais grossa e grante até aquela famosa "por fazer", e claro, o rosto sem pelos. Nesse momento, a sensibilidade da pele e a necessidade de aparo frenquente contam na hora de escolher entre o barbeador elétrico e a lâmina.

Para esclarecer todas essas dúvidas, o expert Wander Lima, do salão GA.MA Italy, dá algumas dicas de qual a melhor opção para o seu caso  e que vai facilitar o dia a dia.

Barbeador elétrico

Barbeador GSH 1000 multifuncional, com cabeças aparadoras, 3 pentes guia para alturas de corte e trimmer de nariz e orelha, GA.MA Italy
Divulgação
Barbeador GSH 1000 multifuncional, com cabeças aparadoras, 3 pentes guia para alturas de corte e trimmer de nariz e orelha, GA.MA Italy

Um dos métodos mais fáceis e rápidos - já que não precisa de espumas ou cremes antes de aplicar -, o barbeador elétrico é o mais indicado para uma quem tem uma pele sensível. Segundo Wander, o aparelho também é uma excelente opção para dar contorno para pelos grossos e definidos.

"Eu considero um dos melhores métodos para retirar a barba no dia-a-dia. Além da segurança - pois não há chance de corte na pele - é um instrumento em que ele consegue aparar, manter uma barba mais rala  (já que em muitos meios empresáriais é o máximo permitido) e até deixar a pele mais saudável. Você não precisa trocar constantemente porque a lâmina perdeu o corte."


Lâminas de barbear

Aparelho com lâminas de barbear March 3 Turbo, Gillette
Divulgação
Aparelho com lâminas de barbear March 3 Turbo, Gillette

Usar lâminas para se barbear é um método muito comum na rotina de muitos homens. Ela conseguem dar um corte preciso, deixando a pele lisinha. É indicado passar a linha de corte na direção em que os fios crescem, mas quem tem muitas falhas e poucos pelos nem sempre é possível. Isso ajuda a encravar menos os pelos. Por serem descartáveis, a troca após 5 vezes de uso é fundamental para a higiene e qualidade do barbeado.

"As lâminas conseguem dar um corte rente ao rosto e são a solução rápida para os homens que precisam manter essa aparência. Mas em muito casos - principalmente para aqueles que têm a pele sensível - o uso constante junto com o atrito da lâmina acaba irritando a região, trazendo vermelhidão e até pelos encravados", afirma o expert.  

Navalha

Navalha com lâmina de carbono e feita a mão, Razolution
Divulgação
Navalha com lâmina de carbono e feita a mão, Razolution

Hoje em dia é quase impossível encontrar alguém que tenha uma navalha em casa, mas é um método clássico e muito usado por profissionais nas barbearias. Uma dica é procurar um especialista para dar desenho à barba e manter o contorno em casa - ele irá indicar qual é o formato ideal para o seu rosto.

"Dificilmente o homem consiguirá retirar a barba sozinho usando uma navalha. Mas quando ele vai no barbeiro, terá aquele corte rente perfeito. Porém, se os pelos crescem rápido e tem que fazer a barba diariamente, as idas ao especialista serão mais esporádicas e é melhor optar por métodos mais práticos."

Tesoura

Tesoura multiusos, Mundial
Divulgação
Tesoura multiusos, Mundial

Para os homens que gostam de deixar o bigode ou o cavanhaque maior, a tesoura é uma boa opção extra para dar um acabamento mais preciso na região que os barbeadores elétricos ou com lâminas não alcançaram.

"Na verdade, ela pode ser o mais indicado para aparar pequenos detalhes: como ajustar o bigode, alinhar alguns pontos e dar um acabamento no desenho da barba. Ela é um complemento", finaliza Wander.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.