Tamanho do texto

Escolha do tênis, tipo de meia, higiene dos pés e alguns truques podem ajudar você a acabar com esse problema para lá de incômodo

Sabe quando você passa por uma situação em que tem que tirar o sapato em um lugar cheio de pessoas e bate aquela vergonha por causa do chulé? Então saiba que essa situação pode mudar. Basta seguir algumas dicas e o cheio ruim vai deixar o seu pé.

Chulé pode ser evitado com boa higienização dos pés e dos calçados
Pinterest
Chulé pode ser evitado com boa higienização dos pés e dos calçados


Mas afinal, o que causa o chulé ? Quem explica é a podologista Maria José Ribeiro da Silva. “O chulé, também chamado de bromidose, é causado por fungos e bactérias que se instalam nos pés devido a falta de higiene, uso do mesmo calçado e meia por dias seguidos e meias que não são de algodão”, resume.

Ela ressalta que existem várias formar de evitar o mau odor. Uma dela é bem simples: após o banho é preciso secar bem os pés e entre os dedos. Usar cosméticos que eliminam fungos e bactérias também é uma boa opção.

O que pode causar chulé?

O tipo de calçado  usado pode causar chulé. Os tênis de material sintético são os mais propensos a ficaram fedidos. Porém, é importante lembrar que, após usar qualquer tipo de sapato, é preciso deixá-lo ventilar para eliminar o suor.

O tipo de meia é outro problema. Aquelas que não são de poliéster inibem a transpiração do pé, retendo os fungos que causam aquele cheio ruim. As meias de algodão são as mais indicadas. Agora, se a opção é usar sapatos sem meia , uma dica é recorrer ao talco, pois o contato direto do pé com o calçado gera mais suor e o chulé é quase certo.  

+ Conheça os tênis mais caros (e bacanas) do mundo

O que fazer para evitar o chulé?

Caso o pé transpire muito e em sua casa é difícil encontrar um lugar para o sapato ventilar, vale tentar colocar um saquinho de chá ou um pouco de arreia de gato dento de uma meia no sapato . Isso irá sugar a umidade.

Uma receita caseira que pode trazer resultados é deixar os pés de molho de 10 a 15 minutos dentro de uma bacia com água morna e um pouco de vinagre. Esse procedimento pode ser repetido cerca de duas vezes por semana. Ah, e depois de fazer essa limpeza deixe os pés arejarem, não calce nenhum sapato em seguida, ou o chulé pode ficar pior.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.