Tamanho do texto

É possível encontrar variações da bebida, e para chegar ao resultado final é preciso um trabalho minucioso que demanda muita paciência

Diferente da cerveja e do vinho, o uísque – ou whisky – é considerado por muitos uma bebida mais requintada e está fortemente associada ao universo masculino. Para chegar ao consumidor, as etapas de fabricação são minuciosas e cheia de detalhes e acreditem (ou não): até os gatos tem um papel importante neste processo. Entenda a história.

Úisque pode ficar até 10 anos dentro de um barril, antes de ser engarrafado
Pinterest
Úisque pode ficar até 10 anos dentro de um barril, antes de ser engarrafado



O uísque é um destilado e tem como matéria prima principal a cevada. O professor em gestão de bebidas Mauricio Leme explica que o primeiro processo é a malteação, ou seja, o grão é umedecido e, quando ele começa a germinar, o processo é interrompido gerando um açúcar fermentável.

“Acabando esse processo, a cevada, agora malteada, é moída e passa três vezes por uma espécie de ‘lavagem’ com água em temperaturas diferentes”, conta Mauricio. Ele prossegue dizendo que esse líquido é fermentado com uma levedura (fungo), que transforma o açúcar em álcool e faz uma liberação de gás carbônico.

Destilação

O próximo passo é a destilação. Esse processo é realizado duas vezes para purificar o álcool . Acabando essa etapa, o líquido transparente vai para os barris e ficam lá por anos. “Na empresa em que trabalho, o tempo mínimo para ficar no barril é de 10 anos. É nesse período que os uísques vão ganhar sabores, cores e aromas”, explica o brand manager.

+ Aprenda a degustar uísque como um profissional

Single malt e Blended

Os preços de uma garrafa da bebida variam muito e o valor depende da forma como o conteúdo é classificado. Mauricio fala que existem dois grupos principais: o single malt e o blended . Segundo o especialista, o primeiro termo é usado para os uísques que são feitos apenas de cevada malteada. Já o blended significa mistura, ou seja, uma bebida de cevada malteada é misturada com outras feitas com diferentes tipos de grão, como o trigo.

Conservação e consumo

O professor revela que, diferente do vinho, o destilado não tem evolução em garrafa, então, não precisa ficar esperando anos para tomar, porque o sabor será o mesmo. Ele também dá algumas dicas sobre qual a melhor forma de consumir . “Você pode beber puro ou com gelo , mas não coloque muito, pois aumenta a diluição e o sabor é prejudicado. Também existe um mito que o single malt é para ser bebido puro, mas você pode, sim, colocar um pouco de gelo”, esclarece.

Mauricio alerta que o teor alcoólico da bebida normalmente está acima de 40%. E que no Brasil, o máximo de teor alcoólico permitido é de 54,9%.

Participação do gato

Entre todo o processo de fabricação, existe um fato curioso. Na estocagem de cevada, diversos roedores são atraídos devido a doçura do grão malteado. Para acabar com o problema, as destilarias elegem um guardião felino para cuidar do lugar. O caso mais famoso é da empresa escocesa The Famous Grouse, que tinha a gata Towser como a responsável por eliminar os roedores.

Gata entrou para o livro dos recordes por matar roedores em destilarias
Divulgação
Gata entrou para o livro dos recordes por matar roedores em destilarias


O animal desempenhou esse papel por 24 anos e chegou a eliminar oficialmente 28.899 mil invasores. Esse número expressivo fez a gata para parar no Guieness Book , o livro dos recordes, como a melhor caçadora do mundo. A popularidade da gata é tanta que na destilaria de uísque há um busto de bronze para homenageá-la.  Towser já faleceu, mas outros dois gatos ocupam seu lugar.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.