Tamanho do texto

Dermatologista fala sobre os produtos, dá dicas de como utilizá-los corretamente e explica sobre manchas na pele e nas roupas

Com a função de evitar o mau cheiro nas axilas, o desodorante é um item indispensável, não é verdade? Em supermercados e farmácias há tanta variedade desse produto que muitas vezes é difícil saber qual escolher. Antes de comprar, vale a pena se questionar sobre qual é o mais indicado para você, levando em consideração proteção, fragrância e reações alérgicas.

Desodorante e antitranspirantes possuem diferenças
Pinterest
Desodorante e antitranspirantes possuem diferenças


A dermatologista Fernanda Boralli Massulini Dias Aguiar, do Hora Certa M'boi Mirim I, explica que o desodorante tem como principal função perfumar, então normalmente possui uma fragrância  e um álcool para mascarar o mau odor. “A maioria desses produtos tem uma efetividade de até 12 horas. Vale lembrar que em nenhum caso eles evitam a transpiração, apenas mascaram”, diz.

Em contra partida, os antitranspirantes têm como função inibir a transpiração. “São formados tampões com sais de alumínio nos ductos das glândulas sudoríparas, gerando cristais que impedem ou reduzem a transpiração”, fala a dermatologista.

Melhor opção

Fernanda diz que a escolha do produto é algo muito pessoal e que se deve levar em conta o perfume e a cosmética. “Se você normalmente você sente desconforto com os produtos que escolhe e um mau odor precoce, então pode ser um caso de bromidrose. Nesta situação, geralmente é preciso realizar um tratamento com antibióticos tópicos e às vezes até sistêmicos”, afirma.

Maquiagem masculina é a nova tendência no mundo dos cosméticos; aprenda a fazer

Utilizando corretamente

Para a especialista, é importante utilizar os produtos de forma correta. Por exemplo, o antitranspirante deve ser usado antes de dormir com a pele totalmente seca.

Segundo a Sociedade Internacional de Hiperidrose, é durante a noite que o suor diminui e nessa condição de menor umidade a penetração é maior, permitindo que o produto atue corretamente. “Com a fixação correta do produto, ele pode durar até 24 horas, mesmo se tomar um banho nesse período”, fala Fernanda.

+ Chulé - veja dicas fáceis para evitar esse problema

Manchas na pele

A dermatologista diz que as manchas nas axilas recebe o nome de  hipercromia pós-inflamatória e são causadas por uma inflamação no local. Fernanda diz que alergia ao desodorante, depilação das axilas e ressecamento devido a  presença de álcool no desodorante são alguns fatores que podem provocar o escurecimento das axilas.  

As manchas que ficam nas roupas são causadas, geralmente, por resíduos de sais de alumínio presente na fórmula dos produtos. Para minimizar as manchas, as empresas estão sempre apostando em novas composições.

Já manchas de diferentes cores, como amarelo, marrom, laranja e vermelho, são resultantes do próprio suor e não do desodorante. “Isso é chamado de cromidrose e necessita de avaliação de um dermatologista, pois pode haver a necessidade de investigação e tratamento específico” alerta Fernanda.   

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.