Tamanho do texto

A prática conta com réplicas de armas de fogo reais e é regulamentada pelo Exército Brasileiro. Veja os detalhes de como esse esporte funciona

O sonho de muito marmanjo é pegar uma arma e usá-la como se estivesse em um filme de ação. Esse desejo pode ser realizado em um esporte que simula situações de combate militar, o airsoft. O principal objetivo é usar as armas de pressão, que imitam modelos reais. Para isso, os participantes se reúnem em determinado local, estabelecem regras, objetivos e jogam.

Airsoft é esporte com armas de pressão que simula combates militares
Divulgação
Airsoft é esporte com armas de pressão que simula combates militares


As armas famosas da cultura pop

As armas de pressão disparam bolinhas de plástico de 6mm de diâmetro. O principal fundamento do jogo é a honra. Como as bolinhas atiradas não possuem tinta, o jogador deve ser honesto ao falar que foi atingido e sair do jogo. Caroline Caetano, diretora operacional da Q.G. Airsoft, explica que no Brasil essa prática é regulamentada pelo Exército Brasileiro e uma das exigências é que os equipamentos tenham uma ponta laranja.

Escolha da arma

As armas são réplicas de armas de fogo reais, mas o mecanismo interno é totalmente diferente, ou seja, é impossível utilizar munição real nesses objetos. “Geralmente, as escolhas das armas são feitas por gostos pessoais, cada um compra o modelo que sempre ‘sonhou’ em ter. As armas mais populares são os modelos M4 e AK, pois são as mundialmente conhecidas”, conta Caroline.

Relojoaria usa partes de rifles AK-47 para fabricar relógio de US$ 195 mil

Sem faixa etária

O airsoft é procurado por homens de todas as idades. “Qualquer pessoa que goste de esportes e armas busca essa prática. Temos clientes de todas as idades, assim como mulheres também. Desde 18 anos (idade inicial para começar a praticar) até uns 60 anos”, afirma a especialista.

Entrando em combate

Para ser algo semelhante ao real, os praticantes do airsoft vestem roupas e acessórios militares, criam cenários parecidos com os vistos em filmes de combate e guerra,  formam grupos, definem um objetivo e começam a jogar.

Caso seja atingida, a pessoa deve simular que precisa de primeiros-socorros
Divulgação
Caso seja atingida, a pessoa deve simular que precisa de primeiros-socorros


As regras podem variar. Por exemplo, dependendo do jogo, se você for acertado no braço ou na perna não terá necessariamente que abandonar a disputa, mas, sim, receber os “primeiros-socorros” do “médico” do grupo.

Tipos de arma

A paixão por armas é tanta que geralmente os jogadores buscam adquirir cada vez mais modelos dessas réplicas. “Além de colecionar armas de pressão, os fanáticos conseguem recriar tudo o que veem nos filmes de ação”, diz Caroline.

Ferreiro recria garras de Wolverine. Assista ao vídeo e veja como ficaram

As armas de pressão podem ser elétricas , a gás e à mola . As mais comuns, de acordo com Caroline, é a elétrica que possui bateria, motor e um sistema de engrenagens e pistão, permitindo que a mola seja comprimida para depois lançar a bolinha. As armas que usam gás imitam o recuo das armas de fogo. Já as de mola, utilizam a compressão manual que para comprimir o ar e expelir a bolinha. E aí, já escolheu a sua?

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.