Tamanho do texto

Experiência do neozelandês virou tema de uma rede de televisão do país. Após as 4 semanas, ele também havia melhorado alguns aspectos da saúde

Cerveja está liberada. A torta também! Parece uma festa? O que acha se seguir uma dieta baseada apenas nestes dois elementos durante quatro semanas? Foi o que fez o neozelandês Julian Lee. E os resultados o surpreenderam. 

Leia tudo sobre dieta

Julian antes e depois da dieta da cerveja e da torta
Reprodução
Julian antes e depois da dieta da cerveja e da torta


A dieta da cerveja e da torta virou assunto para uma rede de TV local. Julian também detalhou a experiência ao site "News Hub" e disse que a ideia original era mostrar que não há comida milagrosa ou totalmente condenável quando se fala em perder peso e que não existe truque para emagrecer. A chave é controlar a quantidade do que se come. 

"Minhas primeiras reações foram: não vou perder nenhum peso, pelo contrário, vou ganhar; provavelmente vou ter um ataque do coração; posso até emagrecer, mas por dentro vou prejudicar meu corpo", comenta. 

Carboidrato à noite? Sim, agora ele está liberado e até ajuda a emagrecer

Metade das calorias

Com essa dieta, Julian reduziu a quantidade de calorias ingeridas diariamente pela metade. Geralmente, um homem adulto consume 2.500 calorias/dia. Com as tortas, de todos os sabores que você possa imaginar, e as cervejas, Julian ingeriu 1.600 calorias/dia durante o mês. 

A reportagem da emissora local mostra que o homem manteve, por exemplo, proteína na dieta. A carne, algumas vezes, era o recheio da torta, mas ele também comeu muito doce nessas quatro semanas. Eram quatro tortas por dia, aproximadamente. E na matemática da dieta, uma torta era o mesmo que três cervejas. Para completar a alimentação, ele tomou um suplemento vitamínico. "Comi tortas e bebi cerveja. Bebi muita cerveja. E no final, aprendi um monte de coisas". 

Julian comia uma média de quatro tortas por dia
Reprodução
Julian comia uma média de quatro tortas por dia


Resultado surpreende

Julian diz que o resultado foi completamente diferente do que esperava. Ao final do mês, ele emagreceu 7,6kg e ainda melhorou alguns indicadores de saúde. "Minha pressão passou de um nível não saudável para um que não é apenas considerado saudável, mas que está no limite de um atleta", conta. Julian diz também que os níveis de colesterol estão bons e que o fígado é o mais saudável dos últimos anos. "Ironicamente, depois dessa dieta tenho menos risco de ter um ataque cardíaco, um derrame ou alguma doença no fígado". 

O homem passou por acompanhamento médico, exames e testes físicos durante a dieta que mostraram que estava tudo bem com a saúde dele. Entretanto, ele confessa que só se manteve na dieta porque tudo fazia parte de um programa de televisão (ok, comer torta e beber cerveja deve ser ótimo por alguns dias, mas por um mês?!?!? Deve enjoar). 

Youtubers encaram dieta de 10.000 calorias por dia para ganhar mais seguidores

Mas Julian também se divertiu. Ele descobriu os melhores lugares para se comer torta na Nova Zelândia e também virou adepto das cervejas de baixa calorias, que também são alcóolicas, mas tem 1/3 das calorias da versão regular. 

E depois de tudo... 

Ao final da experiência, Julian afirma que aprendeu algumas coisas, como: quem está acima do peso deve tentar emagrecer, não importa como; e não há segredos, é balancear a energia que entra em seu corpo com que você usa. 

    Leia tudo sobre: dieta
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.