Tamanho do texto

Especialista fala sobre as características da escola cervejeira americana e o que a diferencia das outras. Veja também quais são os tipos mais populares

Chegou a hora da série* falar da escola cervejeira americana. A característica que marca a bebida dessa região é o uso de uma grande variedade de lúpulos cítricos e resinosos. As bebidas também possui diferentes intensidade de aromas, sabores e teor alcoólico. Veja todos os detalhes dessa escola de cerveja.

Característica da cerveja americana tornam essa bebida muito apreciada
Getty Images
Característica da cerveja americana tornam essa bebida muito apreciada


Escola cervejeira alemã: tudo sobre as cervejas mais vendidas do mundo

O que diferencia a escola americana das outras é que ela tem como principal característica a adaptação de estilos já estabelecidos por outras escolas. O processo é basicamente pegar uma cerveja já existente e adaptar da forma que acham mais apropriado. Isso não significa que não há nada de novo nas cervejas da região.

“A India Pale Ale tradicional da escola inglesa, com a criatividade dos cervejeiros norte-americanos, deu origem à American India Pale Ale . Posteriormente, surgiu a Imperial India Pale Ale, versão ainda mais intensa em amargor e teor alcoólico”, exemplifica o sommelier de cervejas da Mestre-Cervejeiro.com, Pedro Paranhos.

Proibição

Teve uma época em que foi proibida a produção caseira de cerveja
Pinterest
Teve uma época em que foi proibida a produção caseira de cerveja

A produção da bebida nos Estados Unidos, tanto doméstica quanto industrial, vem desde a época da colonização britânica. Porém, houve uma proibição na produção caseira no período de 1920 a 1933, por causa da Lei Seca instituída na época. A revogação aconteceu por meio do presidente Jimmy Carter.

Escola cervejeira inglesa: por que ela possui bebidas tão marcantes?

“Com a liberação, deu origem a um grande movimento, que perdura até hoje, através dos quais os cervejeiros criam, estudam e experimentam as diversas variações da bebida e discutem como produzi-las, já que antes estavam limitados a apenas um estilo de cerveja produzido em massa pelas grandes cervejarias”, conta sommelier.


Singularidade

Cada escola cervejeira possui singularidades e isso contribui para que exista uma enorme variedade de cores, aromas e sabores. A americana, por exemplo, possui como principal ingrediente o lúpulo, que a diferencia das outras. “Pessoalmente aprecio muito a escola americana e um dos seus grandes benefícios é o fácil acesso a exemplares de seus estilos no Brasil”, fala Pedro.

Apreciada por brasileiros

Para o especialista, as cervejas americanas fazem muito sucesso entre os consumidores brasileiros. “As principais são as American Pale Ale (APA), American India Pale Ale (American IPA), Imperial IPA e Imperial Stout”, conta.

Explore a história que existe por trás de um copo de cerveja belga

O bom é que dá para desfrutar de todos os aromas e sabores dessa cerveja com característica única sem precisar sair do país. “Hoje temos excelentes rótulos destes estilos disponíveis no Brasil, não apenas de produtores norte-americanos, mas principalmente de micro cervejarias brasileiras que inclusive se destacam em concursos internacionais”, finaliza.

*Deu vontade de apreciar uma boa cerveja? Então fique de olho que nossa série está quase acabando. A próxima reportagem vai falar se já existe uma escola cervejeira brasileira.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.